Geral

Após desastres, Tóquio desiste de se candidatar aos Jogos de 2020

Os planos de Tóquio eram de se candidatar para os Jogos Olímpicos de 2020. Com o Japão devastado por conta do terremoto e do tsunami, no entanto, a cidade comunicou ao Comitê Olímpico Internacional (COI) de que não vai seguir em frente com o planejamento. O foco, segundo o embaixador japonês na Itália, é na […]

Arquivo Publicado em 22/03/2011, às 18h22

None

Os planos de Tóquio eram de se candidatar para os Jogos Olímpicos de 2020. Com o Japão devastado por conta do terremoto e do tsunami, no entanto, a cidade comunicou ao Comitê Olímpico Internacional (COI) de que não vai seguir em frente com o planejamento. O foco, segundo o embaixador japonês na Itália, é na reconstrução do país.


– O embaixador japonês esteve comigo no início da Maratona de Roma e me disse, com grande pesar, de que o país não poderia continuar com a candidatura – afirmou Mario Pescante, vice-presidente do COI, em entrevista a uma rádio italiana.


Tóquio, que perdeu a disputa para ser sede dos Jogos de 2016 para o Rio de Janeiro, era forte candidata aos Jogos de 2020 caso Pyeong Chang, na Coreia do Sul, não seja a escolhida para os Jogos de Inverno de 2018.


Na última semana, em carta aberta, o presidente do Comitê Olímpico Japonês, Tsunekazu Takeda, afirmou ainda estar comprometido com a candidatura.


– Por sorte, a estrutura do Comitê e o legado dos Jogos de 1964 não sofreram danos. Com este legado ainda vivo, estamos determinados em trazer a importância do valor Olímpico.


O último dia para os comitês lançarem suas candidaturas é em 16 de maio. Outra cidade japonesa, Hiroshima, também tinha planos de enviar uma proposta para ser sede em 2020. Até agora, apenas Roma confirmou sua pretensão para sediar os Jogos.

Jornal Midiamax