Geral

Após atropelamento, mães protestam contra cancelamento de passes dos filhos na capital

Mães dos bairros Nova Campo Grande e Jardim Carioca realizaram uma manifestação nesta segunda-feira (14), após o atropelamento de uma criança de dois anos, enquanto ia para o Centro Educacional Infantil do bairro. Segundo as mães, os acidentes envolvendo crianças no horário de entrada ou saída da escola, são frequentes. A situação se agravou após […]

Arquivo Publicado em 14/03/2011, às 21h57

None

Mães dos bairros Nova Campo Grande e Jardim Carioca realizaram uma manifestação nesta segunda-feira (14), após o atropelamento de uma criança de dois anos, enquanto ia para o Centro Educacional Infantil do bairro.

Segundo as mães, os acidentes envolvendo crianças no horário de entrada ou saída da escola, são frequentes. A situação se agravou após o início deste ano letivo, quando a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Assetur), cancelou o passe de estudante das crianças dois bairros, pois o trajeto até a escola Municipal Professor Fauze Scaff Gattass Filho é inferior a 2 km.

Ionice Aparecida dos Santos, de 24 anos, moradora no bairro Jardim Carioca tem um filho de sete anos, que estuda na Escola Fauze Scaff e desde o começo do ano precisa ir e voltar a pé da escola.

“Queremos uma solução para esse problema, por que além de não ter passe para ir de ônibus, no bairro não tem calçadas adequadas para as crianças andarem em segurança”, destaca Ionice.

Jornal Midiamax