Geral

Após 15 anos, Esquadrilha da Fumaça volta a se apresentar em Dourados

A Esquadrilha da Fumaça, depois de 15 anos, volta a fazer acrobacias no céu de Dourados. O esquadrão da FAB (Força Aérea Brasileira) esteve na cidade em 1996 e deveria fazer nova apresentação em maio de 2008. No entanto, a chuva prejudicou a festa, que seria em homenagem ao Dia do Trabalhador e os voos […]

Arquivo Publicado em 02/05/2011, às 17h55

None

A Esquadrilha da Fumaça, depois de 15 anos, volta a fazer acrobacias no céu de Dourados. O esquadrão da FAB (Força Aérea Brasileira) esteve na cidade em 1996 e deveria fazer nova apresentação em maio de 2008. No entanto, a chuva prejudicou a festa, que seria em homenagem ao Dia do Trabalhador e os voos foram cancelados.

Agora a Esquadrilha vem à cidade para participar da homenagem às mães, no próximo domingo (8 de maio), no Aeroporto Municipal Francisco de Mattos Pereira. O evento está sendo organizado pela Prefeitura de Dourados. Pilotos da equipe já estiveram vistoriando o local e consideraram a estrutura do aeroporto favorável às apresentações da Esquadrilha.

Conforme um dos responsáveis pela avaliação dos locais de apresentação, o capitão Murillo Boery, oito aeronaves deverão fazer acrobacias em Dourados. O show tem duração de 40 minutos, com pelo menos 22 sequências de manobras em equipe e 55 individuais.

No caso da apresentação em Dourados, considerada como circuito breve, 16 militares devem participar, sendo oito pilotos oficiais e oito mecânicos. Um dos pilotos não participa da demonstração, já que é o responsável pela locução, junto com um mecânico.

A apresentação da Esquadrilha será às 16h, mas a homenagem às mães começa às 8h com diversas atrações para o público, incluindo shows artísticos, aeromodelismo, paraquedismo, voos panorâmicos, exposição de aeronaves, parque infantil, além da praça de alimentação que será montada no aeroporto.

Entre os shows estão confirmadas as participações do cantor Peu e das bandas Carbono 144, Butekos e Ritmos Bends, contempladas neste ano com recursos do FIP (Fundo de Investimentos à Produção Artística e Cultural).

Para facilitar o acesso do público ao aeroporto, a prefeitura e a empresa de transporte coletivo estão organizando um itinerário especial, com ônibus destinados a levar os moradores exclusivamente para o evento.

Jornal Midiamax