Geral

Anatel apreende rádiocomunicadores no Aeroporto de Dourados

Falta de homologação para funcionar. Esta foi a argumentação da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para apreender na tarde de quarta-feira os dois radiocomunicadores no Aero Clube de Dourados, que fica anexo ao Aeroporto Municipal. De acordo com Donizete Veríssimo Dias, piloto e secretário do Aero Clube um dos aparelhos pertencia a ele e o […]

Arquivo Publicado em 23/06/2011, às 14h55

None

Falta de homologação para funcionar. Esta foi a argumentação da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para apreender na tarde de quarta-feira os dois radiocomunicadores no Aero Clube de Dourados, que fica anexo ao Aeroporto Municipal.

De acordo com Donizete Veríssimo Dias, piloto e secretário do Aero Clube um dos aparelhos pertencia a ele e o outro ao Aero Clube. A agência deu um prazo de 15 dias para que a situação seja normalizada. Isso inclui, segundo a apresentação de um projeto de uma estação de rádio para o aeroclube.

Dias afirmou que o rádio que pertence ao aeroclube foi cedido pelo Ministério da Aeronáutica e que a homologação para operação concedida pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), sediado em Curitiba/PR, está vencida, tendo motivado a apreensão dos equipamentos pela Anatel.

O Aeroporto Municipal Francisco de Mato Pereira não tem sala de rádio, o serviço de comunicação entre os pilotos das aeronaves comerciais e particulares era feito por meio dos rádios do aeroclube. Com os equipamentos lacrados, Dourados está sem rádio. Quem chegar a cidades vai operar às cegas, sem um meio de comunicação. O que pode provocar um grave acidente aéreo.

A administradora do aeroporto Sônia Regina Pinheiro informou que tinha conhecimento da apreensão feita pela Anatel, assim como os operadores da Trip Linhas Aéreas a única que opera vôos comerciais no município, com vôos diários para Campo Grande e Curitiba, com conexões para outras regiões do País. De acordo com Sônia o problema não deve interferir nas operações da Trip.

Donizete declarou que a Anatel deveria ser mais flexível.O sistema de comunicação é imprescindível para os pilotos e aeronaves que utilizam o aeroporto municipal.

Jornal Midiamax