Produtores e técnicos da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) de 20 municípios participam hoje (18) e amanhã (19) em Campo Grande, de um seminário em que estão sendo discutidas as principais questões relativas a agroindústrias familiares, estabelecimentos responsáveis pela geração de renda de centenas de famílias de pequenos produtores em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o extensionista da Agraer, José Luiz Meira, responsável pelo Programa Estadual de Agroindústrias de Pequena Produção, o evento que conta com 50 participantes busca informar e atualizar os produtores que já trabalham com agroindústrias no Estado sobre assuntos importantes como legalização, boas práticas de fabricação dos produtos, códigos de barra, rotulagem, registro de marca, crédito, entre outros.

Durante a abertura do seminário realizada na manhã de hoje, o diretor-presidente da Agraer, José Antônio Roldão analisou a importância do seminário principalmente do ponto de vista da orientação referente à comercialização, o que considera como o grande gargalo no setor das agroindústrias. “Neste evento serão abordados dois instrumentos altamente benéficos para a comercialização dos produtos, que vejo hoje como um grande problema para as agroindústrias. Estes instrumentos são o Programa Nacional de Alimentação Escolar e o Programa Nacional de Aquisição de Alimentos, que incentivam instituições governamentais e não-governamentais a adquirirem produtos da agricultura familiar”, apontou Roldão.

Para discutir os entraves da comercialização com os participantes, o seminário contará com palestrantes da Central de Abastecimento de Mato Grosso do Sul (Ceasa/MS) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O Programa de Agroindústrias da Pequena Produção desenvolvido pela Agraer conta atualmente com 85 agroindústrias assistidas, presentes em todas as regiões do Estado com foco na produção de café, doce de leite, doces de frutas, mandioca, mel, queijos e demais derivados do leite.

O seminário está sendo realizado por meio de um convênio entre a Agraer e o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) e acontece no Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer (Cepaer), localizado na rodovia MS-080, saída para Rochedo.