Geral

AGORA: Siqueira disse ter sofrido sequestro-relâmpago por conta do golpe aplicado

Um dos clientes do ex-garagista Genival Siqueira, 61, acusado por estelionato e formação de quadrilha por negociar carros de terceiros e não repassar o dinheiro aos donos teria recebido a dívida “na marra” do acusado. Siqueira estava foragido desde novembro passado e se entregou no início da tarde desta segunda-feira durante audiência judicial no fórum […]

Arquivo Publicado em 25/01/2011, às 16h37

None

Um dos clientes do ex-garagista Genival Siqueira, 61, acusado por estelionato e formação de quadrilha por negociar carros de terceiros e não repassar o dinheiro aos donos teria recebido a dívida “na marra” do acusado.

Siqueira estava foragido desde novembro passado e se entregou no início da tarde desta segunda-feira durante audiência judicial no fórum de Campo Grande.

Genival Siqueira disse ter sofrido um seqüestro-relâmpago no ano passado. Ele teria sido rendido por homens armados e levado até um bairro da cidade. Lá, ele ficou até que saldasse uma dívida cujo valor não se recordou.

O ex-garagista disse que teve de juntar “até um televisor” ao cliente, que depois o soltou.

Siqueira teria aplicado golpe em ao menos 22 pessoas, segundo denúncia produzida pelo Ministério Público Estadual.

A dívida dele soma algo em torno de R$ 300 mil, quantia que se propôs a quitar com um imóvel que possui no valor de R$ 400 mil. Ocorre que a casa, “único bem” do acusado, segundo ele, está penhora por conta de uma questão judicial.



Jornal Midiamax