Geral

Agesul pagará R$ 5,6 milhões por reforma do Complexo Regulador de Saúde na Capital

A reforma e ampliação do prédio que abriga o complexo Regulador de Saúde em Campo Grande vai custar aos cofres públicos R$ 5.630.394,66. A empreiteira Prática Engenharia Ltda foi contratada pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) para a obra, e terá um prazo de 660 dias para executar […]

Arquivo Publicado em 26/09/2011, às 15h17

None

A reforma e ampliação do prédio que abriga o complexo Regulador de Saúde em Campo Grande vai custar aos cofres públicos R$ 5.630.394,66.


A empreiteira Prática Engenharia Ltda foi contratada pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) para a obra, e terá um prazo de 660 dias para executar os serviços.


O extrato do contrato foi publicado na edição desta segunda-feira (26) do Diário Oficial. O secretário de estado de Obras, Wilson Cabral Tavares, é o ordenador de despesas e assina pela Agesul, enquanto pela empreiteira a assinatura é de Sérgio Murilo Nascimento Mota.

Jornal Midiamax