Geral

Aeroviários em greve fazem protesto no Aeroporto de Congonhas

Um grupo de aeroviários em greve faz neste momento um protesto no saguão do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital. Segundo o presidente do Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo, Reginaldo Alves de Souza, 70% da categoria aderiram à greve iniciada na madrugada de hoje (22). De acordo com a Empresa […]

Arquivo Publicado em 22/12/2011, às 13h49

None

Um grupo de aeroviários em greve faz neste momento um protesto no saguão do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital. Segundo o presidente do Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo, Reginaldo Alves de Souza, 70% da categoria aderiram à greve iniciada na madrugada de hoje (22).

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), 28 voos registraram atraso entre as 6 horas e as 10 horas. Por volta das 11 horas, havia 15 voos atrasados e sete foram cancelados, além disso há filas em todos os balcões de check-in, menos no da empresa Avianca.


Segundo Alves de Souza, a paralisação ocorre só na capital. A categoria quer 9% de reajuste salarial e 15% de aumento no piso. Foi recusada a proposta do sindicato patronal de 6,17% de reajuste salarial e 10% de correção do piso.


Ele informou que às 12 horas os aeroviários vão suspender a greve porque haverá uma reunião de conciliação no início da tarde (13h) no Tribunal Regional do Trabalho. Às 17 horas, a categoria fará uma nova assembleia para analisar a proposta que deve ser apresentada na reunião de conciliação.


A diretora do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Marlene Ruza, que representa pilotos e comissários, disse que às 14 horas a categoria decide, em assembleia na frente do Aeroporto de Congonhas, se entrará em greve.

Jornal Midiamax