Geral

Acusado de tentar matar ex-mulher e ex-sogro é condenado em Costa Rica

O júri popular condenou Antônio Donizete de Oliveira (40) a dois anos e oito meses de reclusão por tentativa de homicídio contra sua ex-esposa, Marlene Rodrigues dos Santos, em Costa Rica. Ele ainda foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por tentar matar o ex-sogro, José Rodrigues dos Santos, o “Alagoano”. O crime aconteceu quando o […]

Arquivo Publicado em 12/03/2011, às 11h10

None

O júri popular condenou Antônio Donizete de Oliveira (40) a dois anos e oito meses de reclusão por tentativa de homicídio contra sua ex-esposa, Marlene Rodrigues dos Santos, em Costa Rica. Ele ainda foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por tentar matar o ex-sogro, José Rodrigues dos Santos, o “Alagoano”.


O crime aconteceu quando o ex-sogro foi defender a filha que era esfaqueada por Antônio, que chegou de surpresa na residência onde ambos moravam.


A sessão foi presidida na tarde desta sexta-feira (11) pelo juiz Luiz Alberto de Moura Filho. O réu se encontrava preso na cadeia pública de Cassilândia. Antônio saiu pela porta da frente do tribunal uma vez que a pena imposta a ele permite cumprimento em regime semi-aberto. Como Costa Rica não tem local para cumprimento da pena, ele terá restrição de diretos.


O advogado de defesa conseguiu desqualificar o crime contra a ex-mulher para tentativa de homicídio simples, o que possibilitou a pena reduzida.

Jornal Midiamax