Geral

A partir de março, multas de trânsito da Agetran serão eletrônicas

Na manhã desta quinta-feira (10), um convênio assinado entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), irá disponibilizar aparelho eletrônicos que serão utilizados para a confecção de multas. Segundo o diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade Junior, serão 15 aparelhos utilizados pelos agentes de trânsito a partir...

Arquivo Publicado em 10/02/2011, às 13h24

None
1198014179.jpg

Na manhã desta quinta-feira (10), um convênio assinado entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), irá disponibilizar aparelho eletrônicos que serão utilizados para a confecção de multas.

Segundo o diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade Junior, serão 15 aparelhos utilizados pelos agentes de trânsito a partir de março, e ainda esse mês todos receberam um treinamento oferecido pelo Detran para facilitar no manuseio do aparelho.

O Chefe da divisão de fiscalização e segurança de trânsito, Éder Vera Cruz da Silva, explica que o aparelho será usado por policiais militares de trânsito e agentes da Agetran, dessa forma podem ser autuados, infrações competência estadual e municipal, sendo referentes a parada, estacionamento, fluidez, licenciamento e condutores,

Entre os benefícios do novo aparelho de talões eletrônicos, destaca-se a fiscalização mais ágil e precisa, diminuindo a margem de erro de confecção dos autos de 2% para zero. Em segundo momento, o aparelho pode expedir a autuação no momento da infração, gerando economia e tempo de 30 dias para a notificação.

Rudel ainda destaca que o aparelho vai gerar menos problemas, em autuações confeccionadas de forma errada. “O objetivo é não expedir mais multas erradas, o que acontece por falhas de digitação”, ressalta.

Quando o agente digita a placa do veículo, ou o número da Carteira Nacional de Habilitação do motorista, no mesmo momento já é enviado a notificação para o sistema, com os dados exatos do condutor e da infração.

Jornal Midiamax