4º Fogo no Cerrado faz debate sobre Cinema Colaborativo e o Novo Audiovisual

O 4º Fogo no Cerrado realiza nesta quarta-feira (7) debate sobre o tema: Cinema Colaborativo e o Novo Audiovisual. A mesa do segundo dia de programação do festival terá a presença do diretor do curta “Ela Veio Me Ver”, Essi Rafael, Alexandre Basso, diretor do curta “Paralelos”, Carlos Eduardo Magalhães do núcleo de audiovisual do […]
| 07/12/2011
- 18:31
4º Fogo no Cerrado faz debate sobre Cinema Colaborativo e o Novo Audiovisual

O 4º Fogo no Cerrado realiza nesta quarta-feira (7) debate sobre o tema: Cinema Colaborativo e o Novo Audiovisual. A mesa do segundo dia de programação do festival terá a presença do diretor do curta “Ela Veio Me Ver”, Essi Rafael, Alexandre Basso, diretor do curta “Paralelos”, Carlos Eduardo Magalhães do núcleo de audiovisual do Fora do Eixo São Carlos, Diogo Batata do site SkateWeb e Giuliano Gindim do Óia Produção Visual. O mediador será Rodolfo Ikeda, coordenador do MIS. A mesa será precedida de exibições dos filmes produzidos pelos debatedores.

Amanhã (8), a mesa irá exibir os curtas “Black Drawing Chalks – Leaving Home”, 10º “Vaca Amarela”, “Lurdez da Luz e Alafia – Ela é Favela”, ”Araguari, o que foi que aconteceu?”, “Macaco Bong – Otro”, “DOSOL” e “Salto no Vazio”, para introduzir o a mesa de “Auto-Gestão de Carreira e a Música Independente do MS”.

A programação musical tem início na sexta-feira (9). Neste ano, o festival traz a Campo Grande três destaques da produção musical brasileira: a banda gaúcha Apanhador Só, os capixabas do Merda e a rapper paulista Lurdez da Luz.  Além desses, o 4º Fogo no Cerrado terá outras 33 apresentações musicais e artísticas.

Os portões do Ginásio Moreninho serão abertos às 19 horas e os shows começam às 20 horas. Na primeira noite se apresentam as bandas: Os Maledetos, Adiciona, Xupäcäbräs (Dourados), Ataque Nuclear, Toca-Fitas Scalene (DF), Rheva, N3CR (MT), Bravo, Against Tolerance (SP), DxDxOx e Merda (ES)

A seleção de bandas locais e nacionais foi realizada através do Toque no Brasil, rede social que promove a interação entre produtores e artistas. Foram selecionados, de Mato Grosso do Sul, Gobstopper, Toca Fitas, Bravo, Dead Cow, Finger, Idis, Pedro Espíndola e a Pedrada, Louva Dub, Jennifer Magnética e Sarravulho.

Atrações principais

O Merda é formado por um trio de capixabas. A banda surgiu em Vila Velha, tem um som rápido e pesado, com uma pegada punk e letras debochadas. Possuem um único disco, “Curtição dos Jovens” e uma série de outras gravações.

O Apanhador Só surgiu em 2006 com o EP Embrulho Pra lembrar. Seu som pode ser definido como um equilíbrio entre o popular e o experimental, devido a fusão do pop fácil de assimilar e das diversas camadas sonoras. Em 2011 reinventou seus “clássicos” tirando música de todo tipo de bugigangas, daí surgiu o projeto Elétrico-Acústico-Sucateiro. Já tem presença marcada no Vídeo Music Brasil sendo indicada em 2010 na categoria Aposta MTV e em 2011, com o clip de “Um Rei e Um Zé”, na categoria Revelação

Indo além do rock, o Fogo no Cerrado vai trazer a rapper e cantora Lurdes da Luz. Depois de passar a última década no grupo de hip hop Mamelo Sound System, ela resolveu fazer seu próprio produto. Em 2010 lançou seu primeiro single “Andei”, que recebeu indicação na categoria de Melhor VideoClip no VMB desde ano. Na faixa, que não para de tocar por aí, ela faz parceria com happer Stefani e mostra que existe mulherada no rap, sim.

Serviço

Os ingressos estão sendo vendidos na Loja Augusta, localizada no shopping 26 de Agosto, na Pizzaria e Casa do Chefe, na Euclides da Cunha. Para a programação de sexta-feira a entrada é no valor de R$10, para o sábado e domingo, os ingressos custam R$15,00. Passaporte para os três dias no valor de R$ 30,00.

Todos os valores são meia social, ou seja, basta levar 1kg de alimento não perecível por noite, apresentar carteira de identidade comprovando maior de 65 anos ou carteirinha de estudante. Os ingressos também serão vendidos no MIS, durante a realização dos debates e exibições de filmes.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias