Geral

1ª Jornada do Produtor Rural acontece sábado em Bataguassu

Produtores rurais e agentes da assistência técnica e extensão rural são o público-alvo da 1ª Jornada do produtor rural, que acontece em Bataguassu, MS, no Assentamento Montana, Lote 58, na propriedade do senhor Clovis Lourenço de Moura, nesse sábado, 12 de março.  O objetivo da Jornada é mostrar alternativas para o produtor melhorar a qualidade […]

Arquivo Publicado em 10/03/2011, às 21h08

None

Produtores rurais e agentes da assistência técnica e extensão rural são o público-alvo da 1ª Jornada do produtor rural, que acontece em Bataguassu, MS, no Assentamento Montana, Lote 58, na propriedade do senhor Clovis Lourenço de Moura, nesse sábado, 12 de março. 


O objetivo da Jornada é mostrar alternativas para o produtor melhorar a qualidade das pastagens, da alimentação do gado e do solo e, dessa forma, ter uma produção de leite maior. Segundo o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Claudio Lazzarotto, “a intenção é demonstrar que, através de tecnologias simples, é perfeitamente possível melhorar a produção agrícola e leiteira”. Com isso, no futuro, será viável a implantação de tecnologias mais avançadas, como desejam alguns agricultores, a exemplo do Projeto Balde Cheio, desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sudeste.


A estimativa da Prefeitura de Bataguassu é de que cerca de 150 pessoas compareçam ao evento. As inscrições serão realizadas no mesmo dia às 7h30 e os inscritos serão divididos em grupos para percorrer as estações. O roteiro de campo começa às 8h30, com demonstração das tecnologias de cultivares de mandioca, de milho, espécies para adubação verde, alternativas para a produção de feno e espécies de forrageiras. O encerramento do evento acontece com a palestra “Gestão da Propriedade Rural”, ministrada pelo analista de transferência de tecnologia, Euclides Maranho, que será das 11h30 às 12h30.


Segundo Maranho, após a Jornada, o produtor pode optar pela forma de tecnologia que adotará em sua propriedade. “E ele também escolhe qual tamanho da área em que irá implantar. Ele pode começar aos poucos, de acordo com seu recurso financeiro ou o que com o que conseguir de financiamento, por exemplo”, diz.  Lazarotto espera que a Jornada seja um marco para a transferência de tecnologia ao agricultor familiar. “A ideia é expandir a Jornada do Produtor Rural por todo o estado de Mato Grosso do Sul”, afirma. Em 2012, a Embrapa voltará em Bataguassu para ver os resultados obtidos com a transferência de tecnologia realizada nesta 1ª Jornada do Produtor Rural.

Jornal Midiamax