Geral

Vários artistas do Estado exibem obras no Parque Ayrton Senna

Composto por diversos artistas o coletivo Esticador de Horizontes realiza no dia 18 deste mês uma grande intervenção artística no espaço público Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, a partir das 10h. No local, serão exibidas pinturas, esculturas, vídeos, instalações, performance e etc. Além disso, alguns artistas farão intervenções ao vivo. O coletivo de […]

Arquivo Publicado em 11/09/2010, às 11h57

None

Composto por diversos artistas o coletivo Esticador de Horizontes realiza no dia 18 deste mês uma grande intervenção artística no espaço público Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, a partir das 10h.

No local, serão exibidas pinturas, esculturas, vídeos, instalações, performance e etc. Além disso, alguns artistas farão intervenções ao vivo.


O coletivo de artistas Esticador de Horizontes é fruto de longas discussões sobre o papel das artes visuais em nossa cidade. Esses debates vêm ocorrendo desde o ano de 2009 com a participação de artistas locais e também pessoas ligadas a grandes instituições fomentadoras da produção artística como Escola de Belas Artes da UFRJ, Universidade Federal Fluminense, Itaú Cultural, Instituto Inhotim, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, entre outros.


Nesta primeira edição do evento o coletivo de presta homenagem a Manoel de Barros, visto que foi o mesmo quem emprestou o nome ao grupo, por meio de sua magnífica poesia.


Segundo Andréia da Mata, gestora cultural do parque e integrante do coletivo “este evento será uma grande oportunidade para todos desta região, pois ele tem um caráter didático que viabiliza a aproximação das artes visuais com o maior número de pessoas que não tem habito de freqüentar galerias e museus”.


Além de obras de artistas regionais consagrados o evento vai expor a arte do coletivo Poro de Belo Horizonte, que atua desde 2002 tendo como foco principal o espaço público, as manifestações efêmeras e as mídias de comunicação popular.


Para Jonas Santana membro da diretoria da Associação de artistas plásticos profissionais de MS “as ações do coletivo Esticador de Horizontes abrangem discussões pontuais no cenário das artes, porque questionam de forma critica o papel do curador e das instituições de artes e a figura do artista”.


São parceiros deste evento a Prefeitura Municipal de Campo Grande através da FUNDAC, a Associação dos Artistas Plásticos Profissionais de Mato Grosso do Sul, a UFMS através do curso de Artes Visuais, o IESF também com o curso de Artes Visuais.

Jornal Midiamax