Geral

Unesco divulga estudo sobre ameaças de morte a jornalistas

 A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) divulga hoje (25) o estudo Segurança dos Jornalista e Risco da Impunidade. A pesquisa tem dados de 2008 a 2009 e revela que 125 jornalistas foram assassinatos nesse período. A maior parte das crimes tem relação direta com o tráfico de […]

Arquivo Publicado em 25/03/2010, às 11h50

None

 A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) divulga hoje (25) o estudo Segurança dos Jornalista e Risco da Impunidade. A pesquisa tem dados de 2008 a 2009 e revela que 125 jornalistas foram assassinatos nesse período.


A maior parte das crimes tem relação direta com o tráfico de droga, a violação de direitos humanos e a corrupção. O levantamento revela que as Filipinas foi o país com o maior número de mortes de jornalistas: 37.

Jornal Midiamax