Geral

Um terço das empresas de caçambas ainda não se regularizaram na capital

Desde o último sábado (18) está valendo a regulamentação do uso de caçambas para coletar entulho em Campo Grande. Mesmo assim, segundo a Agetran, apenas 27 empresas do total estimado em operação na capital, de 40, já se cadastraram. Com as novas regras, a caçamba deverá ser pintada de amarelo nas partes dianteira e traseira, ter tarjas amarelas […]

Arquivo Publicado em 20/09/2010, às 13h05

None

Desde o último sábado (18) está valendo a regulamentação do uso de caçambas para coletar entulho em Campo Grande. Mesmo assim, segundo a Agetran, apenas 27 empresas do total estimado em operação na capital, de 40, já se cadastraram.

Com as novas regras, a caçamba deverá ser pintada de amarelo nas partes dianteira e traseira, ter tarjas amarelas em toda a extensão das laterais superiores, medindo 38 cm de largura, numeração, identificação e telefone da empresa e Agetran, além de 16 películas refletivas de segurança, medindo 10 cm x 20 cm nas extremidades superiores.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) ressalta que nos próximos 30 dias será feita uma fiscalização de caráter educativo, em parceria com a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran). As empresas que ainda não se regularizaram receberão visitas dos técnicos e serão orientados a se cadastrarem.

“Quem for contratar o serviço de uma caçamba, pode entrar no site da Agetran, para conferir a empresa que foi cadastrada”, disse Rudel. Um das preocupações, segundo o diretor-presidente é em relação à destinação dos resíduos. “A empresa que não é regulamentada, muitas vezes não tem a preocupação adequada da sua destinação”, argumentou.

A relação com os dados das empresas regulamentadas junto à Agetran pode ser conferida no site da Agetran, pelo endereço eletrônico www.prefeituradecampogrande.com.br/agetran.

Jornal Midiamax