Geral

Tropeiro tenta reconciliação ameaçando a ex em Ponta Porã

Uma desavença familiar levou a Polícia Militar à Rua Hortênsio Vieira, em Ponta Porã. Lá, A. N., 29 anos, relatou que há quatro meses havia rompido a relação com o tropeiro A. E. H., 28 anos, e que por diversas vezes o homem teria ido até a residência de sua mãe, afirmando que caso sua […]

Arquivo Publicado em 29/12/2010, às 23h52

None

Uma desavença familiar levou a Polícia Militar à Rua Hortênsio Vieira, em Ponta Porã. Lá, A. N., 29 anos, relatou que há quatro meses havia rompido a relação com o tropeiro A. E. H., 28 anos, e que por diversas vezes o homem teria ido até a residência de sua mãe, afirmando que caso sua ex não reatasse, seria morta.


Desta vez, o acusado foi até a residência de E. F. B., 57 anos, onde estava sua ex-mulher, invadiu a casa e iniciou uma discussão com palavras de baixo calão contra os que ali estavam, principalmente contra a vítima que, após ser ofendida verbalmente pelo autor, recebeu deste um chute.


Na sequência, o homem disse à vítima que caso ela continuasse com a ideia de separação, seria morta quando menos esperasse. Diante do interesse da mulher em representar contra seu ex, ambos foram encaminhados ao 1º Distrito Policial para as providências legais.


Segundo a PM, o tropeiro foi entregue com uma lesão no olho direito e um hematoma nas costas, na altura da cintura, ferimentos que teriam sido provenientes de uma queda de cavalo na fazenda onde trabalha. Foi confeccionado boletim de ocorrência e entregue para a Polícia Civil.

Jornal Midiamax