Geral

Três Lagoas: pela 4ª vez agência bancária é alvo de ladrões

Ladrões furtaram na madrugada deste sábado (27) a agência do Banco do Brasil situada à Rua Jorge Elias Seba no bairro Jardim Alvorada, em Três Lagoas. Segundo informações da polícia, o furto foi percebido por volta das 5h 40 quando populares passavam pelo local e notaram que a porta de vidro da agência estava danificada. […]

Arquivo Publicado em 27/03/2010, às 15h10

None

Ladrões furtaram na madrugada deste sábado (27) a agência do Banco do Brasil situada à Rua Jorge Elias Seba no bairro Jardim Alvorada, em Três Lagoas.


Segundo informações da polícia, o furto foi percebido por volta das 5h 40 quando populares passavam pelo local e notaram que a porta de vidro da agência estava danificada.


Conforme a polícia, os bandidos possivelmente tenham entrado no banco por uma janela, a qual estava com o vidro quebrado e que dá acesso ao interior da agência. O Banco do Brasil não divulgou o montante furtado.


Na última terça-feira (23), o mesmo banco foi alvo de ladrões pela terceira vez. O vigilante Luciano Batista Pinto de 25 anos chegou por volta das 7 horas na agência e notou que havia dois balcões próximos dos caixas eletrônicos, e que dois terminais estavam estavam danificados. Na ocasião, aparentemente nada foi levado.


Ação dos bandidos foi semelhante com a usada no município de Novo Mundo/MS no inicio deste mês e em Caarapó. Os ladrões invadiram as agências na madrugada onde arrombaram e queimaram os caixas eletrônicos.


Usando um maçarico e uma lona eles conseguiram abrir os terminais e subtrair o dinheiro.


No dia 22 de março, a agência do Banco do Brasil de Nova Alvorada do Sul também foi vítima de criminosos. O banco daquela cidade foi invadido três vezes em apenas um ano.


O arrombamento aconteceu no setor de auto-atendimento da agência. Os ladrões entraram no local usando maçarico e pé de cabra.


Durante o crime, os acusados lacraram as portas com lonas pretas e colocaram fita adesiva nas câmeras de segurança impedindo o circuito interno de registrar o furto.

Jornal Midiamax