Geral

Três Lagoas: Mulher cai em golpe e perde mais de R$ 3 mil

M. S. de A., de 56 anos, de Ilha Solteira, interior de São Paulo, foi vítima de estelionato em Três Lagoas, na tarde desta sexta-feira (10). De acordo com informações da PM (Polícia Militar), a mulher caminhava pela Rua Paranaiba, quando foi abordada por uma senhora morena, que dizia ser analfabeta e tinha consigo um […]

Arquivo Publicado em 11/09/2010, às 12h46

None

M. S. de A., de 56 anos, de Ilha Solteira, interior de São Paulo, foi vítima de estelionato em Três Lagoas, na tarde desta sexta-feira (10).


De acordo com informações da PM (Polícia Militar), a mulher caminhava pela Rua Paranaiba, quando foi abordada por uma senhora morena, que dizia ser analfabeta e tinha consigo um bilhete. A golpista pediu ajuda a vítima para identificar o cupom.


Minutos depois, um homem, que conduzia um veículo Gol prata e trajava roupa que aparentava ser uniforme e com crachá de “identificação”, parou seu veículo e ofereceu ajuda as duas mulheres. Passando a situação ao homem, o mesmo conseguiu o bilhete e foi até uma lotérica próximo daquele local verificar se era premiado, ao retornar ele disse o bilhete valia R$ 436 mil.


Empolgado, o golpista disse à vítima que poderia ser feito um acordo entre os três, ele sugeriu a “ganhadora” que repassasse como forma de gratidão o valor de R$ 68 mil para a vítima e para ele, o restante seria entregue a suposta analfabeta.


Como garantia, ele pediu dinheiro para a vítima, por ter a ajudado a ganhar o dinheiro, momento em que M. S. foi até a sua agência bancária, sacou R$ 3.980 mil e entregou a dupla de estelionatários. Após o saque, o golpista entregou uma meia com algo dentro envolvido por elásticos. Ele disse que era o valor que ela sacou e que iria abrir a conta poupança para receber o prêmio e retornaria com a parte dela e pegaria então os R$ 3.980 mil.


Após mais de duas horas aguardando o autor voltar, ela abriu a meia e notou que só havia papéis dentro foi quando percebeu que tinha caído em um golpe.


A PM (Polícia Militar) foi acionada e realiza diligência na intenção de encontrar a dupla. A vítima disse que o dinheiro que sacou seria para fazer compras em São Paulo.

Jornal Midiamax