Geral

Três detidos na operação Uragano deixam presídio de Dourados

Três dos 28 detidos na operação da Polícia Federal batizada de Uragano (furacão, em italiano) deixaram há pouco o presídio Harry Amorim Costa, em Dourados. Durante a operação, realizada na quarta-feira, a PF prendeu as principais autoridades políticas da cidade, entre elas o prefeito Ari Artuzi, do PDT, por envolvimento em esquema de corrupção. A […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 17h20

None

Três dos 28 detidos na operação da Polícia Federal batizada de Uragano (furacão, em italiano) deixaram há pouco o presídio Harry Amorim Costa, em Dourados. Durante a operação, realizada na quarta-feira, a PF prendeu as principais autoridades políticas da cidade, entre elas o prefeito Ari Artuzi, do PDT, por envolvimento em esquema de corrupção.

A Justiça mandou soltar hoje 13 dos 28 detidos, sendo cinco dos 9 vereadores que foram presos na operação.

Os detidos que conquistaram a liberdade, ainda não identificados deixaram à prisão numa caminhonete S-10, preta, placa HTI-4911, de Itaporã (MS). Dois dos soltos seriam os vereadores Marcelo Barros e o conhecido como Bambu.

A direção do presídio informou que os detidos serão soltos de três em três. É grande a movimentação em frente ao estabelecimento.

Jornal Midiamax