Geral

Testes atestam alta produtividade em poço exploratório de Tupi

Os testes feitos em mais um poço exploratório localizado na Área de Avaliação de Tupi, em águas ultraprofundas da área do pré-sal da Bacia de Santos (SP), constataram “altíssima produtividade dos reservatórios”.   Em nota divulgada ontem (23) à noite, a Petrobras informa que nos testes realizados foram medidas vazões de 5 mil barris por […]

Arquivo Publicado em 24/03/2010, às 15h05

None

Os testes feitos em mais um poço exploratório localizado na Área de Avaliação de Tupi, em águas ultraprofundas da área do pré-sal da Bacia de Santos (SP), constataram “altíssima produtividade dos reservatórios”.



Em nota divulgada ontem (23) à noite, a Petrobras informa que nos testes realizados foram medidas vazões de 5 mil barris por dia de óleo leve de boa qualidade, limitada à capacidade dos equipamentos de teste.



“O potencial de produção do poço foi estimado em cerca de 30 mil barris/dia, comprovando a alta capacidade de produção de petróleo leve na área de Tupi, anteriormente constatada por outros poços testados na área”, diz a nota.



A empresa esclareceu que o poço testado – que corresponde ao quarto perfurado em Tupi e cuja perfuração terminou em novembro de 2009 – localiza-se em área de avaliação no bloco da Bacia marítima de Santos 11, em profundidade de 2.115 metros, a cerca de 265 quilômetros da costa do estado do Rio de Janeiro e a 18 quilômetros a nordeste do poço descobridor, o Tupi.



A nota informa ainda que o consórcio, formado pela Petrobras (65%), o BG Group (25%) e o Galp (10%), “dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a avaliação das jazidas em Tupi, com a perfuração de novos poços até a Declaração de Comercialidade, prevista para dezembro de 2010”.

Jornal Midiamax