Geral

Suspensas buscas pela onça; PMA faz monitoramento

As buscas pela onça-pintada de oito meses que fugiu do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) na última sexta-feira foram suspensas, segundo informações do Major Carlos Matoso, comandante da Polícia Militar Ambiental. Ele afirmou que, nesses casos de fuga como o da onça, é de praxe que as buscas sejam realizadas durante três dias, […]

Arquivo Publicado em 02/11/2010, às 18h04

None

As buscas pela onça-pintada de oito meses que fugiu do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) na última sexta-feira foram suspensas, segundo informações do Major Carlos Matoso, comandante da Polícia Militar Ambiental.

Ele afirmou que, nesses casos de fuga como o da onça, é de praxe que as buscas sejam realizadas durante três dias, período que se encerrou ás 11h da manhã de hoje.

As buscas estavam sendo realizadas por policiais militares ambientais, biólogos, mateiros e cães, porém, o animal não foi encontrado.

O comandante explica que agora haverá um monitoramento para ver se há pistas do animal pela região do Cras e do Parque dos Poderes. Segundo ele, esse trabalho pode ser realizado por uma ou duas pessoas. Se algum sinal do animal for encontrado, então uma equipe será formada para achá-lo.

Como as buscas estão suspensas, tanto o Parque dos Poderes como o das Nações Indígenas estão liberados para visitação.

Jornal Midiamax