Geral

Stock Car: punições em Campo Grande causam reclamações de equipes

Considerada a mais polêmica da Stock Car este ano, a etapa de Campo Grande ainda está dando o que falar pelo país. Ao final da corrida, realizada ontem (19) no autodrómo da Capital, nada menos que cinco pilotos foram desclassificados. A decisão do comitê gerou reclamações e até mesmo anúncio de retirada de patrocínios e equipes […]

Arquivo Publicado em 20/09/2010, às 21h30

None

Considerada a mais polêmica da Stock Car este ano, a etapa de Campo Grande ainda está dando o que falar pelo país. Ao final da corrida, realizada ontem (19) no autodrómo da Capital, nada menos que cinco pilotos foram desclassificados. A decisão do comitê gerou reclamações e até mesmo anúncio de retirada de patrocínios e equipes que resolveram sair da categoria.


Em comunicado oficial divulgado na tarde desta segunda-feira (20), a equipe Red Bull mostrou insatisfação com a desclassificação de seus dois pilotos, Daniel Serra e Cacá Bueno. A equipe, presente na categoria desde 2007, comunicou estar revendo sua permanência na categoria, decisão que será tomada após veredicto final sobre o assunto, enquanto a co-patrocinadora do time, a SKY, anunciou sua retirada do campeonato no próximo ano.


“A Red Bull e sua parceira SKY comunicam sua veemente discordância com a desclassificação dos pilotos Daniel Serra e Cacá Bueno na oitava etapa da Copa Caixa Stock Car, realizada neste domingo (19/9) em Campo Grande”, informaram em nota oficial.


Serrinha largou da pole e venceu, enquanto Cacá foi oitavo. Após a bandeirada, os dois pararam os carros no fim da reta de chegada e retornaram a pé para os boxes.


Por não terem levado os carros de volta, os dois foram excluídos pelo CTDN (Conselho Técnico Desportivo Nacional), que alegou má-fé das equipes para não chegarem aos boxes com menos que os 3L obrigatórios de etanol no tanque.


RZ Corinthians


A equipe do Timão alega que o carro teve problemas e falhou nas 3 últimas voltas. Segundo as informações, issoresultou na perda de duas posições na última curva da última volta, e a parada do carro logo após receber a bandeirada. No entanto, os comissários afirmaram que a equipe mentiu e agiu de má-fé para não ter de retornar aos boxes e não cumprir a regra dos 3L obrigatórios no tanque após a corrida.


Além de Zonta, Cacá Bueno e Daniel Serra, também foram punidos Xandinho Negrão e Thiago Camilo.


(Com informações do site http://tazio.uol.com.br/ )

Jornal Midiamax