Geral

Sigla de facção criminosa é encontrada em celular de militar

A Polícia Militar de Três Lagoas encontrou no celular do militar F.A.S.P de 20 anos detido na noite de ontem (26), um adesivo com a sigla de uma facção criminosa que age dentro e fora das penitenciárias do país. O soldado foi detido próximo a Praça do bairro Santa Luzia após tentar fugir de uma […]

Arquivo Publicado em 28/10/2010, às 01h06

None

A Polícia Militar de Três Lagoas encontrou no celular do militar F.A.S.P de 20 anos detido na noite de ontem (26), um adesivo com a sigla de uma facção criminosa que age dentro e fora das penitenciárias do país.


O soldado foi detido próximo a Praça do bairro Santa Luzia após tentar fugir de uma abordagem policial. Além do militar, também foi detido o jovem E.C.C de 18 anos, suspeito de ter praticado um roubo a um posto de combustível no Centro de Três Lagoas.


Durante a fuga, E.C.C que estava na garupa do moto do militar sacou uma arma aparentando ser uma pistola e apontou em direção aos policiais. Foi efetuado um disparo no braço do jovem, com o intuito de desarmá-lo.


O Corpo de Bombeiros esteve no local onde prestou atendimento ao rapaz e em seguida encaminhou E.C.C ao Hospital Auxiliadora para receber atendimento médico.


O militar foi detido e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) onde foi apresentado a autoridade policial.


F.A.S.P em conversa com os policiais, disse que não conhecia o passageiro de sua moto. Ele alegou que o soldado do Exército identificado como Carlos é quem conhecia o jovem. Carlos estava junto com a dupla, porém conseguiu fugir em outra motocicleta.


Os policiais constataram que a arma usada por E.C.C era de pressão.


A 2ª Companhia de Infantaria do Exército Brasileiro instaurou uma sindicância para apurar se houve crime ou transgressão de natureza militar por parte do soldado F.A.S.P.

Jornal Midiamax