Geral

Sete faz 3 a 0 no Cene no primeiro jogo da final do Sub-18

O Sete de Setembro deu neste sábado um grande passo para conquistar título do Campeonato Estadual Sub-18. O time de Dourados aproveitou o fato de jogar em casa – e com um excelente público no Estádio da Leda – e venceu o Cene de Campo Grande por 3 a 0, gols de Leonardo, Josenildo e […]

Arquivo Publicado em 25/09/2010, às 22h50

None

O Sete de Setembro deu neste sábado um grande passo para conquistar título do Campeonato Estadual Sub-18. O time de Dourados aproveitou o fato de jogar em casa – e com um excelente público no Estádio da Leda – e venceu o Cene de Campo Grande por 3 a 0, gols de Leonardo, Josenildo e Paranhos. Com a vantagem, o Sete pode ser derrotado no próximo sábado, no Estádio Olho do Furacão, em Campo Grande, por até dois gols de diferença que fica com a taça e com um vaga do Mato Grosso do Sul na Copa São Paulo de Futebol Junior, a principal competição da categoria.


O Jogo


Focado na vitória para ter vantagem no segundo jogo da decisão, o Sete sofreu no início do jogo com o nervosismo e a falta de organização do meio de campo. Atacante mais perigoso do Cene no primeiro tempo, Rudiney teve duas chances de abrir o placar, aos três e aos 16 minutos. O susto acordou o Sete que chegou aos 21 minutos em cobrança de falta de Maike para fora. Aos 25 deu tudo certo. Josenildo passou pelo lateral Tarley e foi derrubado próximo à área. Na cobrança, o lateral Leonardo levantou, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro Judson.


O gol fez com que o Cene fosse para cima em busca do empate e isso quase aconteceu aos 29 minutos. Liniker cobrou falta frontal ao gol de João Paulo, a bola desviou na barreira e acertou o travessão mas o rebote não foi aproveitado. O Sete ainda teve a chance de aumentar a vantagem no final desta etapa em jogada do atacante Rodolfo pela esquerda que bateu cruzado. Judson desviou e evitou o toque de Josenildo para o gol vazio.


Quando todos esperavam pressão do Cene no início do segundo tempo em busca do empate, o time de Dourados aproveitou o primeiro ataque para fazer o segundo. Paranhos brigou pela bola no meio de campo, tocou para Maike no meio que deixou Josenildo livre para, de primeira, deslocar o goleiro.


Melhor técnica e fisicamente, Sete de Setembro ainda teve a sorte do lado no terceiro gol. Pressionado pela direita, Paranhos tentou o cruzamento e o efeito da bola surpreendeu o goleiro do Cene. Com 3 a 0 no placar, o Sete passou a explorar os contra-ataques e teve a oportunidade de marcar o quarto em lances desperdiçados por Paranhos e Dione. No final, o time douradense apenas tocou a bola e segurou o resultado mesmo com seis minutos de acréscimos dados pelo árbitro Odair José Pereira.


Nada definido


Para o técnico Alex Lima, o time fez tudo o que foi programado durante a semana. “Desde o início da semana falei para os jogadores que precisávamos vencer e com vantagem para fazer diferença no jogo de volta em Campo Grande e conseguimos isso”, afirmou. Maike, destaque do time, principalmente no segundo tempo, pede cautela no jogo do próximo sábado. “Não tem nada resolvido, precisamos trabalhar forte para buscar a vitória em Campo Grande”, disse.

Jornal Midiamax