Geral

Senadora Marisa diz que PSDB discute punição de Rigo após eleições

A senadora Marisa Serrano, do PSDB, disse nesta manhã, que o comando de seu partido deve debater o comportamento do deputado Ary Rigo, também tucano, somente após as eleições. Rigo disse em vídeo exibido pelo You Tube, que parte do dinheiro da Assembleia Legislativa é distribuída ao governador do Estado, André Puccinelli, do PMDB, ao […]

Arquivo Publicado em 25/09/2010, às 12h20

None

A senadora Marisa Serrano, do PSDB, disse nesta manhã, que o comando de seu partido deve debater o comportamento do deputado Ary Rigo, também tucano, somente após as eleições. Rigo disse em vídeo exibido pelo You Tube, que parte do dinheiro da Assembleia Legislativa é distribuída ao governador do Estado, André Puccinelli, do PMDB, ao Tribunal de Justiça e até ao Ministério Público. O caso teve repercussão nacional.

Para Marisa, Rigo, a quem disse conhecer pouco, “falou demais e quis se vangloriar quis mostrar poder”.

Ary Rigo é deputado estadual desde a década de 80 e sempre ocupou cargos importantes na Assembleia. Hoje, ele é o primeiro-secretário da Casa, cuja missão é mexer com as finanças. O Poder Legislativo deve receber este ano R$ 181 milhões de repasses por meio do duodécimo.

O PSDB publicou nota hoje dizendo que vai tomar “providências” acerca das declarações.

Ontem, em coletiva de imprensa, Puccinelli negou ter recebido dinheiro da Assembleia e que ia interpelar o parlamentar judicialmente.

Jornal Midiamax