Geral

Sem Neymar, Santos tenta esquecer a crise

Vivendo uma crise interna, o Santos terá uma difícil missão neste domingo: esquecer dos problemas para conseguir ganhar do Guarani, em jogo que acontece a partir das 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 23ª rodada do Brasileirão. Para piorar a situação, o time santista terá o desfalque de seu principal jogador, […]

Arquivo Publicado em 19/09/2010, às 13h19

None

Vivendo uma crise interna, o Santos terá uma difícil missão neste domingo: esquecer dos problemas para conseguir ganhar do Guarani, em jogo que acontece a partir das 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 23ª rodada do Brasileirão.


Para piorar a situação, o time santista terá o desfalque de seu principal jogador, já que o atacante Neymar, pivô de toda a confusão, foi afastado pela diretoria do clube a pedido do técnico Dorival Júnior.


A crise santista estourou na última quarta-feira, durante a vitória sobre o Atlético-GO na Vila Belmiro. Na ocasião, Neymar discutiu com Dorival Júnior e alguns companheiros dentro de campo.


No dia seguinte, a diretoria resolveu multar o atacante, que pediu desculpas pelo chilique. Mas o treinador achou pouco, cobrando uma punição mais rigorosa e chegando até a ameaçar pedir demissão caso não fosse atendido. Diante disso, o clube resolveu afastar o jogador do time.


O afastamento de Neymar será reavaliado pela diretoria e pelo técnico na segunda-feira, mas o caso já provocou grande estrago no ambiente do Santos. Dorival Júnior, por exemplo, fugiu das entrevistas nos dois últimos dias.


Agora, resta saber qual será o reflexo no time dentro de campo. Mesmo porque, o objetivo santista ainda é brigar pelo título do Brasileirão, o que não permite mais tropeços – soma 34 pontos, em sexto lugar no campeonato.


Neymar não será o único desfalque santista neste domingo. O atacante Keirrison, que sofreu lesão muscular na coxa direita, também não joga. Assim, Madson e Marcel devem ser os titulares no ataque.


Outro problema é Pará, vetado pelos médicos após machucar o joelho num acidente de carro, o que abre espaço para Maranhão na lateral-direita. Em compensação, o zagueiro Durval e o volante Arouca, que cumpriram suspensão na última rodada, retornam ao time.

Jornal Midiamax