Geral

Rio Negro atinge menor nível em mais 100 anos

O Rio Negro bateu neste domingo o recorde de vazante (menor volume de água de um rio), segundo medição do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O rio Negro, que banha Manaus, mediu 13,63 metros, um centímetro a menos que o recorde da seca registrado em 1963, com 13,64 metros. “Medi a maior cheia em 2009, […]

Arquivo Publicado em 24/10/2010, às 20h55

None

O Rio Negro bateu neste domingo o recorde de vazante (menor volume de água de um rio), segundo medição do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O rio Negro, que banha Manaus, mediu 13,63 metros, um centímetro a menos que o recorde da seca registrado em 1963, com 13,64 metros.

“Medi a maior cheia em 2009, e não tinha medido a do recorde anterior (1953), e vou medir a maior seca, e também não tinha medido em 1963”, afirmou Valderino Pereira da Silva, na última sexta-feria, que há 31 anos mede o nível do rio em no Porto de Manaus. A medição é realizada há 108 anos neste local.

Segundo o CRPM, o rio Solimões já alcançou o menor nível da história nos principais pontos de medição. O rio Amazonas também quebrou recorde com o menor nível registrado desde 1970, quando iniciou a medição.

Jornal Midiamax