Geral

Reunião deve definir Conselho Gestor da Estrada-Parque

Estratégias de ação para a Estrada-Parque do Pantanal em 2010 serão discutidas na reunião que a Fundação de Turismo do Estado (Fundtur) realiza hoje (25) com a comunidade da região e outras entidades do poder público e privado. Segundo a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun, a reunião de hoje é decisiva porque define, além do […]

Arquivo Publicado em 25/01/2010, às 14h35

None

Estratégias de ação para a Estrada-Parque do Pantanal em 2010 serão discutidas na reunião que a Fundação de Turismo do Estado (Fundtur) realiza hoje (25) com a comunidade da região e outras entidades do poder público e privado. Segundo a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun, a reunião de hoje é decisiva porque define, além do plano de ação para o ano, o Conselho Gestor da Estrada-Parque.

“Podemos dizer que o Conselho Gestor é a mola que vai impulsionar tudo o que vai acontecer daqui pra frente na Estrada-Parque”, afirma Nilde. A partir de agora será restabelecido o comitê que envolve a comunidade local, o poder público – governo e prefeitura de Corumbá – e os empresários que atuam na região com grande potencial turístico de Mato Grosso do Sul.

A diretora-presidente explica que é importante a ação realizada na Estrada-Parque junto com a comunidade porque isso fortalece as benfeitorias realizadas pelo poder público, como uma ação conjunta que beneficia a todos. “Quando se leva a ação para um local e não envolve a comunidade, quando se vai embora, a ação vai junto. Por isso estamos incentivando a participação comunitária da Estrada-Parque, para que as ações conjuntas prossigam trazendo benefícios para eles e para os turistas”, observa.

“No encontro que acontece hoje serão discutidas ações, será apresentado um estudo ambiental da região e já sai delineado de lá o que será feito em diversos segmentos, como saúde, educação e infraestrutura. Enfim, é quando serão assumidos os compromissos para saber quem será responsável por cada ação, entre prefeitura, governo do Estado e empresários. O papel da Fundação não é só acompanhar o que está sendo feito, mas também de cobrar o compromisso assumido por cada um”, ressalta a diretora-presidente Nilde Brun.

O trabalho realizado pelo governo do Estado com ações efetivas na Estrada-Parque já dura aproximadamente dois anos e meio. De acordo com Nilde, o balanço deste período é positivo, visto que as melhoras são visíveis e a resposta é proveniente da comunidade. “A região apresentava vários problemas que estão sendo resolvidos com estas ações em conjunto à comunidade de uma região que recebe um número muito grande de turistas. Por isso o governador André Puccinelli determinou prioridade nos trabalhos a serem realizados naquela região”, diz.

A Estrada-Parque é uma unidade de conservação criada em 1993 e corredor das comitivas pantaneiras em Corumbá. Um dos destinos mais procurados por quem visita o Pantanal, a região recebe cerca de 200 turistas por dia. O bioma Pantanal recebeu o título de Patrimônio Natural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas (Unesco).

Jornal Midiamax