Geral

Resgate terá mais uma perfuradora para salvar mineiros no Chile

As equipes de resgate terão um novo equipamento para salvar os 33 mineiros presos em uma mina de ouro e cobre desde o dia 5 de agosto no deserto do Atacama, no Chile. O governo optou por montar uma segunda perfuradora, mais rápida, para acelerar o resgate dos mineiros. Ontem, a perfuração chegou a ser […]

Arquivo Publicado em 02/09/2010, às 23h27

None

As equipes de resgate terão um novo equipamento para salvar os 33 mineiros presos em uma mina de ouro e cobre desde o dia 5 de agosto no deserto do Atacama, no Chile. O governo optou por montar uma segunda perfuradora, mais rápida, para acelerar o resgate dos mineiros.


Ontem, a perfuração chegou a ser suspensa por conta de uma falha geológica na montanha. De acordo com engenheiros presentes no local, a máquina Strata 950 já chegou a 30 metros de profundidade. Os mineiros estão a 688 metros do solo. A perfuração com esta máquina deve levar entre três e quatro meses. A segunda perfuradora deve chegar ainda hoje à mina e pode fazer o trabalho em dois meses.


No interior da mina, os 33 operários continuam sendo alimentados com comida sólida e quente. Segundo os médicos, estão animados e bem de saúde. Receberam jogos, música e até um vídeo de piadas para passar o tempo.


Os 33 sobreviveram por 19 dias com uma dieta racionada de duas colheres de atum enlatado, um gole de leite e meio biscoito a cada 48 horas.


O único canal de comunicação com o exterior tem 15 centímetros de diâmetro. É por lá que as equipes de resgate começaram a enviar soro e rações de proteína e glicose, semelhantes às consumidas por astronautas. Dentro da mina, os mineiros contam com acesso à água e canais de ventilação.

Jornal Midiamax