Geral

Rei da Suécia defende parceria na área Aeronáutica com o Brasil

O rei Carl XVI Gustaf apelou hoje (24) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ampliar as parcerias de cooperação dos setores de defesa militar, tecnologia, educação e meio ambiente. Atualmente o governo brasileiro analisa a proposta sueca para a venda de aviões-caça. Os suecos disputam com os franceses e norte-americanos a exportação de […]

Arquivo Publicado em 24/03/2010, às 18h05

None

O rei Carl XVI Gustaf apelou hoje (24) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ampliar as parcerias de cooperação dos setores de defesa militar, tecnologia, educação e meio ambiente. Atualmente o governo brasileiro analisa a proposta sueca para a venda de aviões-caça. Os suecos disputam com os franceses e norte-americanos a exportação de 36 aeronaves. Mas o assunto não foi diretamente mencionado.

“Eu estou confiante na parceria estratégia entre Suécia e Brasil”, afirmou o rei retribuindo o brinde oferecido pelo presidente Lula no almoço no Itamaraty. “Estamos ansiosos pela visita à Embraer [Empresa Brasileira da Aeronáutica que é fabricante de aviões para o uso comercial, executivo, agrícola e militar], em São José dos Campos [SP], e a possibilidade de cooperação entre os dois países na área da Aeronáutica”, disse.  


Em abril, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, deve concluir um relatório técnico sobre a compra dos 36 aviões caças. O Ministério da Defesa analisa as propostas apresentadas pelas três empresas finalistas: a sueca Saab, fabricante do modelo Gripen NG; a norte-americana Boeing, responsável pelo caça F-18 Super Hornet, e o consórcio Rafale International, liderado pela francesa Dassault.


A expectativa é que depois de analisar o relatório técnico encaminhado por Jobim, o presidente Lula convoque o Conselho de Defesa Nacional. No governo não há consenso sobre qual das três propostas seria a ideal. Para setores das Forças Armadas, a transferência tecnológica dos franceses supera a apresentada pelos demais concorrentes.


Amanhã (25), os reis Carl XVI Gustaf e Silvia estarão em São Paulo onde visitam a sede da Embraer. Também têm encontro com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), e empresários da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Vale Soluções em Energia. O rei também participará de Seminário sobre Cooperação Tecnológica e Industrial bilateral.


Os reis encerram a visita ao Brasil no próximo fim de semana, quando irão a São Gabriel da Cachoeira, São Joaquim e Manaus – no Amazonas. O rei elogiou a iniciativa brasileira para combater a destruição da Amazônia e os esforços para o desenvolvimento de ações de defesa do meio ambiente e também dos direitos humanos.

Jornal Midiamax