Geral

PSB de Dourados encaminha caso Cimatti ao Diretório Estadual

O presidente da Executiva do PSB de Dourados, Cláudio Freire, está em Campo Grande onde tenta uma reunião com o Diretório Estadual do partido para discutir a prisão do único vereador da legenda José Cimatti. Ele foi detido na Operação Uragana da Polícia Federal por participação em esquema de fraudes em licitações e recebimento de […]

Arquivo Publicado em 04/09/2010, às 18h56

None

O presidente da Executiva do PSB de Dourados, Cláudio Freire, está em Campo Grande onde tenta uma reunião com o Diretório Estadual do partido para discutir a prisão do único vereador da legenda José Cimatti. Ele foi detido na Operação Uragana da Polícia Federal por participação em esquema de fraudes em licitações e recebimento de propina no município liderado pelo prefeito Ari Artuzi (PDT) que também está preso.


Freire explica que foi preparado um levantamento sobre o assunto com recortes de notícias veiculadas pela mídia sobre a participação do vereador no caso. Também foi anexada a carta pública divulgada pela Executiva municipal logo depois da prisão de Cimatti.


Conforme Freire, como os fatos são públicos, não há necessidade de a executiva municipal proceder mais apurações. “Nossa competência já esgotou. Como se trata de um filiado com mandato cabe ao Diretório Estadual decidir o que fazer com ele”, afirma o dirigente mencionando que está se baseando no regimento interno do partido.


O dirigente afirma que a prisão de Cimatti foi uma surpresa para o partido. Ele cita que o PSB sequer compunha a base aliada de Artuzi. Freire lembra que o PSB disputou as últimas eleições em aliança com o PT. Ele próprio foi candidato a vice de Wilson Biasotto.

Freire explica, no entanto, que Cimatti, caso sofra processo interno dentro do partido terá oportunidade de defesa como determina o regimento.


Embora a juíza Dileta Terezinha de Souza Thomas determinado a soltura de Cimatti junto com os presos na Operação Uragano, entre as quais Cimatti, o vereador continua preso na Phac (Penitenciária Harry Amorin Costa) em Dourados. Ao todo foram presas 28 pessoas, 12 já estão em liberdade.

Jornal Midiamax