Geral

PRF deflagra a Operação Finados nas rodovias na 6ª feira

Devido ao feriado prolongado de Finados a Polícia Rodoviária Federal desencadeará, em todo o país, a Operação Finados 2010, com o objetivo principal de reforçar o policiamento ostensivo nas rodovias federais. A Operação terá início, no Mato Grosso do Sul, às 0h da próxima sexta-feira e prosseguirá até às 24h do dia 2 de novembro. […]

Arquivo Publicado em 27/10/2010, às 20h54

None

Devido ao feriado prolongado de Finados a Polícia Rodoviária Federal desencadeará, em todo o país, a Operação Finados 2010, com o objetivo principal de reforçar o policiamento ostensivo nas rodovias federais.


A Operação terá início, no Mato Grosso do Sul, às 0h da próxima sexta-feira e prosseguirá até às 24h do dia 2 de novembro.


A PRF faz um apelo aos motoristas para
dividirem com a corporação a responsabilidade na busca pela redução nos índices dos acidentes de trânsito.


Para isso, os condutores devem, antes de iniciarem seus passeios, verificar as condições dos veículos como: situação dos pneus, sinalização (setas, faróis e luzes de freio) e eficiência dos equipamentos obrigatórios (limpadores de para-brisas, cinto de segurança, cadeirinha, bebê-conforto e assento de elevação para as crianças,etc).


Atenção especial deve ser dada a duas das principais causas de mortes nas rodovias: o excesso de velocidade e a ultrapassagem indevida.


No Mato Grosso do Sul, a sinalização implementada pelo DNIT indica o limite de velocidade de acordo com o trecho rodoviário.


É importante que o condutor respeite o limite e entenda que quando excede o limite de velocidade ganha pouquíssimo tempo em suas viagens, porém, aumenta muito o risco, além de potencializar a chance de ser notificado pelos radares fotográficos e portáteis atuantes nas rodovias do Estado.


Os condutores devem sempre procurar iniciar as viagens descansados, hidratados e calmos, para que tenham paciência e bom senso suficientes para garantir uma viagem segura e tranquila.


Devem também, procurar parar a cada cem quilômetros, com a intenção de fazer com que o corpo saia da posição estática, aumentando a circulação sanguínea periférica, propiciando uma maior atenção ao retornar à rodovia.


À PRF caberá fiscalizar os excessos e inibir condutas infratoras. Para isso, a PRF no Mato Grosso do Sul contará com o efetivo normal de cada delegacia, inclusive com a convocação dos policiais em folga (Campo Grande, N. Alvorada do Sul, Anastácio, Dourados, Jardim, Coxim, Bataguassu, Três Lagoas, Paranaíba e Mundo Novo) onde os policiais se revezarão em escala para intensificar a fiscalização nos 3.500 quilômetros de rodovias federais.


Serão utilizados radares portáteis e radares fotográficos com a intenção de coibir o excesso de velocidade. Vinte etilômetros estarão à disposição dos policiais para que possam prevenir e combater a embriaguez ao volante.


As viaturas estarão posicionadas em pontos críticos – locais com maiores índices de acidentes – e em ronda ostensiva.


As condições dos veículos (incluindo pneus e demais equipamentos) e seus documentos, bem como da documentação dos condutores (CNH) serão alvos de fiscalização nos postos da PRF.


Será intensificada a fiscalização do dispositivo de retenção de que trata a resolução 277/2008 do Contran (cadeirinha, bebê conforto ou conversível e assento de elevação).


A PRF informa que haverá restrição para os veículos longos (veículos articulados e portadores de autorizações especiais de trânsito – “bi-trens e cegonhas”) das 6h às 12h horas do dia 30/10/2010 (sábado) e das 16h às 22h no dia 02/11/2010 (terça-feira).


O objetivo é evitar o intenso fluxo de veículos pesados, no início e fim do feriado, reduzindo o risco de acidentes. Os motoristas que infringirem tal restrição estarão sujeitos a retenção destes, bem como a multa de natureza média, 4 pontos na CNH e penalidade no valor de R$ 85,13, “transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação estabelecida pela autoridade competente”.

Jornal Midiamax