Geral

PRF apreende 86 quilos de cocaína avaliados em R$ 1 mi

No final da manhã desta terça-feira (02), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 86,6 quilos de cocaína pura na BR-163 em São Gabriel do Oeste, região norte de Mato Grosso do Sul. A cocaína era transportada num Troller, com placas frias, que era conduzido por R.C.D., de 27 anos. Conforme avaliação preliminar dos policiais, a […]

Arquivo Publicado em 02/11/2010, às 17h59

None

No final da manhã desta terça-feira (02), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 86,6 quilos de cocaína pura na BR-163 em São Gabriel do Oeste, região norte de Mato Grosso do Sul. A cocaína era transportada num Troller, com placas frias, que era conduzido por R.C.D., de 27 anos.

Conforme avaliação preliminar dos policiais, a cocaína está avaliada em R$ 1 milhão, mas, este valor, no mínimo triplicaria no comércio varejista. O jovem que transportava a cocaína disse que é motorista e está desempregado. Ronaldo* disse à reportagem que não sabia que o veículo estava “recheado” com cocaína.

Morador do Guarujá, litoral paulista, o jovem foi contratado por R$ 3 mil para buscar o Troller em Cuiabá, capital do Mato Grosso. “Peguei o veículo na rodoviária de Cuiabá e iria deixar na rodoviária da Barra Funda, em São Paulo”, explicou Ronaldo.

O jovem conta que foi contratado por um homem que mora num bairro vizinho. “Conhecia ele apenas de vista, nem sei o nome do cara”, disse Ronaldo. O contratante entregou a chave do veículo, disse que teria R$ 2 mil no porta-luvas para as despesas de viagem e combinou o valor do transporte.

De acordo com o jovem, no porta-luvas tinha um bilhete informando que o que Ronaldo conseguisse economizar seria dele. A ordem era não procurar por ninguém na rodoviária da de São Paulo, pois assim que ele chegasse uma pessoa iria até o jovem para pegar o veículo e pagar os R$ 3 mil pelo serviço.

Na manhã de segunda-feira (01), o Troller quebrou próximo a Coxim. Ronaldo trouxe o veículo para arrumar numa oficina e seguiu viagem, pernoitando na região norte.

Jornal Midiamax