Geral

Presidente da Assomasul recebe homenagem da Câmara de Campo Grande

O prefeito de Terenos e presidente da Associação dos Municípios (Assomasul), Beto Pereira, recebeu da Câmara Municipal de Campo Grande uma Moção de Congratulações pela sua posição em apoiar a candidata Dilma Roussef (PT) à presidência da República. A homenagem foi proposta pelos vereadores Paulo Siuf (PMDB), Cabo Almi (PT), Paulo Pedra (PDT), Alcides Bernal […]

Arquivo Publicado em 30/10/2010, às 14h29

None

O prefeito de Terenos e presidente da Associação dos Municípios (Assomasul), Beto Pereira, recebeu da Câmara Municipal de Campo Grande uma Moção de Congratulações pela sua posição em apoiar a candidata Dilma Roussef (PT) à presidência da República.


A homenagem foi proposta pelos vereadores Paulo Siuf (PMDB), Cabo Almi (PT), Paulo Pedra (PDT), Alcides Bernal (PP) e Carlão (PSB), e aprovada pelo plenário do Legislativo Municipal.


Para os vereadores, Beto Pereira tem se mostrado um grande porta-voz dos prefeitos de Mato Grosso do Sul e lidera um movimento de organização em todo o Estado.


“Ele tomou essa decisão, por entender que o governo do PT, contribuiu com significados positivos ao desenvolvimento do Estado. O Beto está sendo coerente, ele que está à frente da Associação dos prefeitos sabe das dificuldades enfrentadas por todos os municípios, e que foi através do governo do PT que esses municípios encontraram apoio e amparo”, afirmou o vereador Cabo Almi.


No dia 18 de outubro o prefeito Beto Pereira pediu desfiliação do PSDB após receber ameaças de ser expulso do partido ao declarar apoio a Dilma. Em nota, Beto justificou a decisão afirmando livrar-se do desconforto da divergência partidária e poupar o partido de virtual constrangimento. O prefeito também ressaltou os motivos que o levaram a apoiar a candidata do PT à presidência.


“Tendo em vista a extraordinária sensibilidade com que o governo do Presidente Lula vem demonstrando às causas municipalistas das quais tenho sido intransigente defensor, não me sinto à vontade para apoiar outra candidatura senão a de Dilma Roussef que, na Chefia da Casa Civil, sempre comungou com os pleitos das municipalidades brasileiras”, diz a nota. 

Jornal Midiamax