Geral

Prefeitura diz que médico cassado continuará trabalhando na UBS Guanandi

A Secretaria Municipal de Saúde, Sesau, por meio da assessoria informou que o médico Marcus Vinicius Carreira Bentes que teve o diploma de exercício de medicina cassado pelo Conselho Regional de Mato Grosso do Sul após denúncias de abuso sexual será mantido no cargo. De acordo com a assessoria, o médico atua como Clínico Geral […]

Arquivo Publicado em 15/12/2010, às 20h34

None

A Secretaria Municipal de Saúde, Sesau, por meio da assessoria informou que o médico Marcus Vinicius Carreira Bentes que teve o diploma de exercício de medicina cassado pelo Conselho Regional de Mato Grosso do Sul após denúncias de abuso sexual será mantido no cargo.

De acordo com a assessoria, o médico atua como Clínico Geral na Unidade Básica de Saúde do Guanandi, e é concursado do Município. A informação da Sesau é que o médico recorreu a sentença do CRM/MS junto ao Conselho Federal de Medicina e que enquanto isso continuará atendendo normalmente no local.

Segundo a assessoria, a Sesau não tinha ciência de que o médico, que é Major do Exército e foi denunciado por pacientes do Hospital Geral do Exército de Campo Grande, passava por esse processo, pois ainda não tinham sido informado pelo CRM.

De acordo com o estatuto do servidor público, a sindicância municipal será aberta somente após o resultado final do julgamento e só ai o médico poderá sofrer um processo administrativo.

Jornal Midiamax