Geral

Polêmica: mantida cobrança de ingressos da Expogrande

Em meio à polêmica sobre a legalidade da cobrança do ingresso da 72ª Expogrande a Justiça se posicionou favorável aos organizadores do evento. Universitários levaram ao Ministério Público Federal a reclamação sobre o fato por conta do evento receber R$ 1.010.000,00 milhão em recursos públicos. Hoje, a desembargadora do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª […]

Arquivo Publicado em 25/03/2010, às 22h25

None

Em meio à polêmica sobre a legalidade da cobrança do ingresso da 72ª Expogrande a Justiça se posicionou favorável aos organizadores do evento. Universitários levaram ao Ministério Público Federal a reclamação sobre o fato por conta do evento receber R$ 1.010.000,00 milhão em recursos públicos. Hoje, a desembargadora do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), Salete Nascimento, negou liminar e manteve a cobrança do ingresso para entrada da feira agropecuária.

Movimento pelos acadêmicos da Estácio de Sá, no sábado (20) de manhã, o MPF protocolou, no plantão da Justiça Federal, uma ação cautelar pedindo a suspensão imediata do pagamento de entrada na feira agropecuária. A ação protocolada afirma que o evento não devia ser cobrado porque o Ministério do Turismo, por meio de emendas parlamentares, doou o recurso à Acrissul (Associação dos Criadores de MS), entidade sem fins lucrativos e que promove a 72ª versão da feira.

O pedido foi indeferido. Já no domingo (21), foi feito um recurso para o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), protocolado nesta segunda-feira (22).

O presidente da Acrissul, Francisco Maia disse que soube da decisão, mas não detalhou o caso. “As pessoas não entendem que há outros gastos na festa”.

A Expogrande termina no domingo, 28 de março.

A agenda da Expogrande prevê shows de Djavu e DJ Juninho Portugal (nesta quinta-feira), com ingresso a R$ 10,00; Luan Santana (sexta-feira), ingresso a R$ 16,00; Bruno e Marrone (sábado), ingresso custando R$ 16,00; e Marcos e Belutti (domingo), encerramento, com ingressos a R$ 10,00. Estudante paga meia entrada.

(Matéria editada às 20h)

Jornal Midiamax