Geral

PMA flagra cinco pescadores praticando pesca predatória em apenas uma noite de operação

Em apenas uma noite da “Operação Dia dos Finados”, realizada por policias da PMA (Polícia Militar Ambiental), cinco pescadores já foram autuados por pesca predatória. A fiscalizaçãocomeçou, por volta das 18h dessa sexta-feira, no rio Pardo e Anhaduí. Policiais flagraram no rio Anhanduí, em Nova Andradina, Valdivino Rodrigues dos Santos, Airton Medeiros Pacheco, Fernando Nunes […]

Arquivo Publicado em 29/10/2010, às 12h51

None

Em apenas uma noite da “Operação Dia dos Finados”, realizada por policias da PMA (Polícia Militar Ambiental), cinco pescadores já foram autuados por pesca predatória. A fiscalizaçãocomeçou, por volta das 18h dessa sexta-feira, no rio Pardo e Anhaduí.

Policiais flagraram no rio Anhanduí, em Nova Andradina, Valdivino Rodrigues dos Santos, Airton Medeiros Pacheco, Fernando Nunes dos Santos e Mário Medeiros, todos moradores em Deodápolis, com petrechos proibidos. Com eles, estavam 30 anzóis de galho e 15 quilos de pescado. Cada um foi multado em R$ 1.100.

O quinto autuado, Antônio Alves da Silva, foi flagrado no rio Pardo, em Bataguassu, praticando pesca com redes, tarrafas e anzóis de galho. O pescador também estava com cinco quilos de peixes, um motor de popa e um barco. A ele foi aplicada uma multa de R$ 800.

Os pescados e todos os objetos foram apreendidos e encaminhados a PMA.

Os cinco pescadores responderão pelo crime ambiental, e se condenados, poderão ser penalizados com um a três anos de prisão.

Durante a operação os policias também retiraram dos rios quatro redes de pesca, dois espinhéis, e 80 anzóis de galho. Os proprietários destes petrechos não foram localizados.

Jornal Midiamax