Geral

PM estoura “boca-de-fumo” e apreende arsenal e droga

A Polícia Militar estourou, na noite dessa quinta-feira (8) um ponto de venda de drogas, vulgarmente conhecido no meio policial como “boca-de-fumo” e apreendeu drogas e um verdadeiro arsenal, com armas de vários calibres. A “boca”, que segundo a PM era mantida por Wagner Rodrigues da Silva, de 22 anos, funcionava em uma residência na […]

Arquivo Publicado em 09/07/2010, às 15h34

None

A Polícia Militar estourou, na noite dessa quinta-feira (8) um ponto de venda de drogas, vulgarmente conhecido no meio policial como “boca-de-fumo” e apreendeu drogas e um verdadeiro arsenal, com armas de vários calibres.


A “boca”, que segundo a PM era mantida por Wagner Rodrigues da Silva, de 22 anos, funcionava em uma residência na Vila Estrela, região nobre da cidade, em Amambai.


Segundo a Polícia Militar, por conta de informações anônimas, o local já vinha sendo monitorado pela polícia a pelo menos dois meses.


Na noite dessa quinta, durante ronda rotineira pela região, os policiais notaram o momento que um adolescente de 17 anos deixou a residência e resolveram realizar a abordagem do rapaz.


Durante revista pessoal no adolescente os policiais encontraram em seu poder, uma pequena quantidade da droga conhecida como “crack”.


Por conta da descoberta os PMs resolveram chegar até a residência de Wagner, que teria franqueado a entrada da polícia na casa.


De acordo com a PM, durante vistoria no interior da residência os policiais encontraram várias porções de crack embaladas nas mesmas características da porção encontrada em poder do adolescente abordado, certa quantidade de cocaína e um verdadeiro arsenal, com armas de vários calibres, além de munições, também de diferentes calibres.


Segundo a polícia ao notar que os policiais haviam encontrado a droga, Wagner Rodrigues da Silva teria confessado que de fato vendia o entorpecente.


Já em relação as armas ele teria relatado aos policiais que era “colecionador”, porém não tinha nenhuma documentação que comprovasse tal licença para colecionar armas de fogo.


Na casa do acusado foram apreendidos, um revólver marca Taurus e uma garrucha, ambos calibre 38, um revólver e uma garrucha calibre 22 e uma escopeta de carregar pela boca, sem calibre definido.


Na residência os policiais também apreenderam aparelhos de som e objetos, supostamente frutos de “barganha” por drogas, praticadas por usuários.


Todo o material apreendido, juntamente com o acusado, Wagner da Silva e o adolescente retido, foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Amambai para serem tomadas às providências cabíveis.

Jornal Midiamax