Geral

Pesquisa associa estresse infantil ao dos pais

Estresse é contagiante. Isso é o que diz uma pesquisa finlandesa realizada com 500 adolescentes, que aponta que crianças podem sofrer de esgotamento emocional se os pais são estressados no trabalho. Segundo o levantamento, adultos que apresentam sintomas da síndrome de Burnout (do inglês, queimado, que indica estado de esgotamento físico e mental cuja causa […]

Arquivo Publicado em 25/01/2010, às 13h08

None

Estresse é contagiante. Isso é o que diz uma pesquisa finlandesa realizada com 500 adolescentes, que aponta que crianças podem sofrer de esgotamento emocional se os pais são estressados no trabalho.
Segundo o levantamento, adultos que apresentam sintomas da síndrome de Burnout (do inglês, queimado, que indica estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional) demonstram esse sentimento de desilusão em casa, o que incentivaria os filhos a perder interesse pela vida escolar, atrapalhando o desempenho.

O estresse dos pais pode provocar sentimentos como sensação de não estar a altura dos colegas de classe, duvidar do valor da educação formal e das formas de avaliação e mostrar sinais de exaustão. Segundo os autores da pesquisa, da Academy of Finland, publicada no Journal of Developmental Psychology, a recessão agravou esse quadro em muitas famílias.
O estudo foi realizado a partir de respostas dadas pelos pais e filhos sobre freqüência e situações em que se sentiram emocional e fisicamente abalados. Segundo os pesquisadores, foi fácil estabelecer uma relação, pois ambos descreveram sintomas parecidos. “O pai de mesmo gênero que o filho serve como modelo para desenvolvimento desse padrão de comportamento”, disse a professora Katariina Salmela-Aro à publicação européia.

Jornal Midiamax