Geral

Papa inicia Semana Santa sem citar casos de pedofilia

O papa Bento XVI deu início hoje às solenidades da Semana Santa, na celebração do Domingo de Ramos, mas não voltou a mencionar os casos de pedofilia envolvendo pessoas da Igreja. Embora o pontífice não tenha se referido aos escândalos que vêm sendo tema de especulação nas últimas semanas, um dos fiéis que recitou preces […]

Arquivo Publicado em 28/03/2010, às 12h46

None

O papa Bento XVI deu início hoje às solenidades da Semana Santa, na celebração do Domingo de Ramos, mas não voltou a mencionar os casos de pedofilia envolvendo pessoas da Igreja.

Embora o pontífice não tenha se referido aos escândalos que vêm sendo tema de especulação nas últimas semanas, um dos fiéis que recitou preces em português durante a missa pediu “pelos jovens e aqueles encarregados em educá-los e protegê-los”.

De vestes vermelhas e douradas, o papa entrou na praça de São Pedro em meio a ramos de palmeiras e oliveiras que representam a entrada triunfante de Jesus Cristo em Jerusalém. Em sua homilia deste domingo, se dirigiu diretamente aos jovens. Ele lembrou que a vida cristã é “uma caminhada na direção que Cristo escolheu para nós e nos mostrou”.

Nas últimas semanas, uma série de questionamentos veio à tona sobre o envolvimento de autoridades católicas em casos de abuso de crianças – especialmente no que diz respeito a Munique, onde o cardeal Joseph Ratzinger foi arcebispo, ou a casos ligados à Congregação para a Doutrina da Fé, pela qual o papa foi responsável.

O Vaticano afirma que Ratzinger não tinha conhecimento dos abusos. Na semana passada, Bento XVI falou publicamente sobre o escândalo de pedofilia na Irlanda, em carta direcionada aos fiéis, e pediu desculpas pelos erros da Igreja.

Jornal Midiamax