Geral

Panfletos nas ruas de Dourados mostram políticos como ‘ladrões’

As ruas de Dourados amanheceram nesta sexta-feira forrada de panfletos sem identificação de autoria pedindo a cassação do prefeito Ari Artuzi, da primeira-dama Maria Artuzi, dos vereadores e de secretários municipais. O panfleto apresenta as fotos de quinze personalidades da política douradenses envolvidas na Operação Uragano sobrepostas com uma grade de cela de presídio. “Apres...

Arquivo Publicado em 10/09/2010, às 10h48

None

As ruas de Dourados amanheceram nesta sexta-feira forrada de panfletos sem identificação de autoria pedindo a cassação do prefeito Ari Artuzi, da primeira-dama Maria Artuzi, dos vereadores e de secretários municipais.


O panfleto apresenta as fotos de quinze personalidades da política douradenses envolvidas na Operação Uragano sobrepostas com uma grade de cela de presídio. “Apresentamos os ladrões que roubaram os douradenses”. Está é a frase da parte superior do panfleto todo colorido.


Na parte inferior do panfleto os autores desconhecidos pedem “eleições para prefeito já” com o reforço da frase “O povo Indignado e envergonhado agradece aos promotores de justiça, juízes, Polícia Federal e desembargadores pelas prisões dos ladrões feitas em Dourados. Pedimos a prisão e cassação de todos”.


Nas fotos do vice-prefeito Carlinhos Cantos e dos vereadores Sidlei Alves, Paulo Henrique Bambu e Junior Teixeira o panfleto diz que eles foram presos por duas vezes sendo a primeira durante a Operação Owari no ano passado.


Até mesmo os vereadores Gino Teixeira e Dirceu Longhi que apesar de não terem sido presos, mas foram indiciados pela Polícia Federal também estão com suas fotos no panfleto.

Jornal Midiamax