Geral

Oposição venezuelana condena fechamento de canal a cabo RCTVI

A oposição venezuelana condenou neste domingo o fechamento do canal fechado RCTVI (Radio Caracas Televisión Internacional), cuja transmissão foi suspensa à meia-noite por supostamente ter descumprido à legislação. A MUD (Mesa da Unidade Democrática), que reúne 11 partidos opositores, disse em comunicado que “condena sem reservas o fechamento da RCTV [Internacional], o que consid...

Arquivo Publicado em 24/01/2010, às 19h50

None

A oposição venezuelana condenou neste domingo o fechamento do canal fechado RCTVI (Radio Caracas Televisión Internacional), cuja transmissão foi suspensa à meia-noite por supostamente ter descumprido à legislação.


A MUD (Mesa da Unidade Democrática), que reúne 11 partidos opositores, disse em comunicado que “condena sem reservas o fechamento da RCTV [Internacional], o que considera uma vingança com a emissora de sinal aberto que foi injustamente estatizada em 2007”.


RCTVI, empresa que surgiu a partir da Radio Caracas Televisión, que perdeu o sinal aberto em 2007 depois de o Governo não renovar a concessão e usar a frequência estatal, é uma das 24 emissoras de TV a cabo que o Executivo do presidente Hugo Chávez classificou na semana passada como “nacionais”.


Esta condição, determinada pelo percentual da produção nacional de um canal, obriga à emissora a ajustar sua programação às normas legais venezuelanas que se aplicam às redes com sinal aberto, incluindo a transmissão das “cadeias nacionais obrigatórias”.


Em seu comunicado, a MUD denunciou que este foi “mais um ataque à liberdade de expressão”. Ontem, Chávez ordenou a transmissão de um discurso seu em “cadeia nacional”, o que não foi feito pela “RCTVI”, originando a punição.


Os canais afetados poderão voltar a operar se seus representantes normalizarem na segunda-feira a situação: provem que são um canal nacional ou um internacional.

Jornal Midiamax