Geral

OAB/MS quer derrubar portaria que coíbe “algazarra” no Fórum de Bataguassu

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) pediu a revogação de uma portaria do Fórum de Bataguassu, e que ameaça prender os servidores que promoverem “algazarra e balbúrdia” ou que façam qualquer tipo de “brincadeiras de mau gosto” durante o expediente. A decisão provocou mal-estar entre os funcionários e reação da categoria, segundo notícia da […]

Arquivo Publicado em 13/12/2010, às 19h17

None

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) pediu a revogação de uma portaria do Fórum de Bataguassu, e que ameaça prender os servidores que promoverem “algazarra e balbúrdia” ou que façam qualquer tipo de “brincadeiras de mau gosto” durante o expediente.


A decisão provocou mal-estar entre os funcionários e reação da categoria, segundo notícia da assessoria de imprensa do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sindjus-MS).


O presidente da entidade, Leonardo Avelino Duarte, considerou a medida descabida. “Estamos solicitando ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, que reveja as normas baixadas pelo magistrado”, disse Duarte.

Para o presidente da OAB/MS, “há exagero evidente em se disciplinar o acesso à cozinha dos fóruns  e a positivar regras que deveriam ser geridas pela razoabilidade, como a proibição de conversas nas áreas de trabalho do Fórum de Bataguassu”, argumenta Duarte.


A “algazarra” estaria ocorrendo na cozinha do fórum da cidade. “Ao invés de tomar as denúncias como ‘termo’ e verificar quem havia descumprido as normas, o magistrado baixou a portaria que constrangeu a todos os servidores”, disse o presidente do Sindijus-MS, Noestor Jesus Ferreira Leite.

Jornal Midiamax