Geral

Número de modelos com mais de um recall no ano supera o de 2009

O número de modelos convocados para mais de um recall neste ano chegou a 11 após dois chamados para motos BMW nesta semana, superando o de 2009, quando foram seis os veículos “reconvocados”. A lista de 2010 é composta pelo hatch Peugeot 207, o Peugeot 307 (versões hatch e sedã), o crossover Volvo XC60, o […]

Arquivo Publicado em 16/12/2010, às 11h37

None

O número de modelos convocados para mais de um recall neste ano chegou a 11 após dois chamados para motos BMW nesta semana, superando o de 2009, quando foram seis os veículos “reconvocados”. A lista de 2010 é composta pelo hatch Peugeot 207, o Peugeot 307 (versões hatch e sedã), o crossover Volvo XC60, o cupê Volvo C30, a Mercedes-Benz Sprinter (versões furgão, van e chassi), a moto BMW R1200 GS Adventure e agora as motos K1200 GT,  K1300 GT, K1300 R, K1300 S e F650 GS, também da fabricante alemã.


Fora o XC60 e o Peugeot 207, chamados em quatro ocasiões cada, os demais modelos da lista foram convocados duas vezes cada um em 2010. No caso do C30, o primeiro recall neste ano, em fevereiro, envolveu apenas uma unidade. Confira abaixo detalhes sobre esses recalls.


































VEJA MODELOS COM MAIS DE 1 RECALL NO ANO (clique no mês para mais detalhes)
Peugeot 207 hatch

Abril
– Problema: má conexão da tubulação de alimentação de combustível ao reservatório do sistema de partida a frio (tanquinho), que pode provocar dificuldades da partida do veículo quando frio e vazamento de combustível, com risco de incêndio
– Ano/modelo: 2009 e 2010

Julho
– Problema: falha no alinhamento de direção, com possibilidade de desgate não uniforme dos pneus, barulhos na suspensão dianteira, eventualmente perda de controle direcional e, consequentemente, perda de direção
– Ano/modelo: 2009

Setembro
– Problema: erro na aplicação do torque de aperto dos parafusos da fechadura do capô, com possibilidade de ruídos e, em casos extremos, soltura da fechadura e risco de acidente
– Ano/modelo: 2009 e 2010

Novembro
– Problema: não conformidade da bomba de direção hidráulica que pode levar a  endurecimento da direção e, em casos raros, vazamento do fluido, podendo causar princípio de combustão no compartimento do motor
– Ano/modelo: 2010
Volvo XC60

volvo xc60
Fevereiro
– Problema: possibilidade de desprendimento do cinto de segurança do motorista e do passageiro dianteiro em caso de impacto lateral
– Ano/modelo: 2009 e 2010

Outubro
– Problema: possibilidade de haver um curto-circuito no conector da roleta de contato do airbag do motorista, que pode resultar no mau funcionamento ou não-acionamento
– Ano/modelo: 2010 e 2011

Novembro
– Problema: airbag lateral (cortina) torcido durante a montagem:
– Ano/modelo: 2009 e 2010

Novembro
– Problema: atualizar o software da unidade de controle do motor devido à possibilidade de que haja parada nas desacelerações
– Ano/modelo: 2011
Peugeot 307 (hatch e sedã)

peugeot 307

Fevereiro

– Problema: atualização no programa de gestão de faróis, pela possibilidade de falha na identificação da posição do comando do acendimento dos faróis, que pode provocar um apagamento pontual dos faróis sem a solicitação (comando) do condutor
– Ano/modelo: 2008 e 2009

Outubro

– Problema: o mesmo de fevereiro; a montadora afirma que o conserto anterior pode não ter sido bem feito
– Ano/modelo: 2008 e 2009
Volvo C30

volvo c30
Fevereiro
– Problema: materia da mangueira da caixa de transmissão automática, em seu sistema de retorno, não foi vulcanizado de acordo com as especificações do fabricante, podendo levar à ruptura
– Ano/modelo: 2010 (apenas 1 unidade convocada)

Novembro
– Problema: falha em unidade de controle do motor pode fazer com que a rotação do motor oscile em marcha lenta ou em baixas rotações; em marcha lenta ou em manobras de baixa velocidade, pode ser que o motor apague
– Ano/modelo: 2009 e 2010
Mercedes-Benz Sprinter

mercedes sprinter
Junho
Problema: desgaste excessivo do cabo de freio de estacionamento, que pode levar à quebra e, consequentemente, a acidentes
Ano/modelo: 2009

Julho
– Problema: torque de aperto dos parafusos de fixação dos cintos dianteiros fora do padrão de especificação
– Ano/modelo: 2009 e 2010
BMW R1200 GS Adventure

bmw r1200 gs adventure
Maio
– Problema: vazamento de fluido dos dutos do freo dianteiro, que pode provocar a perda de pressão e, eventualmente, falha no freio
– Ano/modelo: 2006 a 2008

Maio
– Problema: defeito em parafusos do tanque de combustível
– Ano/modelo: 2006 a 2007
BMW K1300 R, K1300 S (foto)
e K1300 GT

bmw k1300 s
Abril
– Problema: ativação involuntária do interruptor de emergência do motor, o que pode ocasionar o desligamento
– Ano/modelo: 2008 e 2009

Dezembro
– Problema: possibilidade de ruptura da alavanca de acionamento do amortecedor traseiro e consequente travamento da roda traseira contra o para-lama
– Ano/modelo: 2008 a 2010

BMW K1200 GT

bmw k1200 gt
Maio
Problema: vazamento de fluido dos dutos
Ano/modelo: 2006 a 2008

Dezembro
– Problema: possibilidade de ruptura da alavanca de acionamento do amortecedor traseiro e consequente travamento da roda traseira contra o para-lama
– Ano/modelo: 2006 a 2010
BMW F 650 GS

bmw f650 gs
Junho
– Problema: possibilidade de ruptura da corrente de transmissão
– Ano/modelo: 2008 e 2009

Dezembro
– Problema: possibilidade dos parafusos que fixam o disco de freio ao cubo da roda dianteira se soltarem. Em caso extremo, o disco de freio poderá se desprender e ocasionar o bloqueio da roda, gerando risco de acidentes

O levantamento não conta como “repetição” o recall do Honda Fit e o do New Fit, por se tratarem de diferentes gerações. O mesmo acontece no caso da picape Nissan Frontier e da Nova Frontier, envolvidas em um recall cada neste ano.


No ano passado, os seis veículos alvos de mais de um recall foram Citroën C3, convocado quatro vezes, a moto Honda CG Fan 125, o Mitsubishi Outlander e os Volvo S80, XC70 e XC60, estes últimos com dois chamados cada um.


“Recall do recall”
Entre os “rechamados”, apenas o Peugeot 307 hatch e sedã foi convocado mais de uma vez no ano por causa do mesmo problema. No caso, falha no programa eletrônico de gestão dos faróis. O defeito motivou recall para essas versões em fevereiro último. Em outubro, a montadora fez o “recall do recall”. A Peugeot disse que o conserto pode não ter sido bem realizado da primeira vez.


O número de convocações em 2010 é recorde. A marca anterior foi registrada no ano passado, com 43 recalls, montante que foi superado em outubro de 2010. Este ano que já registra 63 chamados, envolvendo 1,43 milhão de unidades.

Jornal Midiamax