Geral

Nova rodoviária terá posto de atendimento e informação da PM

Quando entrar em funcionamento, em 1º de fevereiro, o terminal Rodoviário Senador Antônio Mendes Canale terá um Posto de Atendimento e Informação da Polícia Militar preparado para atender os usuários. Assim como na antiga rodoviária da Capital, o novo prédio vai contar com a presença permanente de uma guarnição. O espaço que abrigará a PM […]

Arquivo Publicado em 30/01/2010, às 19h10

None

Quando entrar em funcionamento, em 1º de fevereiro, o terminal Rodoviário Senador Antônio Mendes Canale terá um Posto de Atendimento e Informação da Polícia Militar preparado para atender os usuários. Assim como na antiga rodoviária da Capital, o novo prédio vai contar com a presença permanente de uma guarnição. O espaço que abrigará a PM já está sendo preparado para operar assim que a rodoviária for ativada

Pela localização – na região sul da cidade – o posto rodoviário passa à responsabilidade do 10º Batalhão da PM e não mais pelo 1º BPM, como acontecia no prédio do Centro. “Os policiais estarão de prontidão 24 horas, todos os dias da semana, para garantir a segurança do cidadão”, explica o subcomandante do 1º BPM, major Renato Tolentino Alves. A unidade militar terá à disposição uma guarnição de quatro homens, e uma viatura de quatro rodas exclusivas para atender naquele local.

No posto militar, os usuários do terminal contarão com os policiais para prestar informação e, em caso de ocorrências, atender encaminhamentos, fazer as primeiras buscas e prisões, se necessário. Segundo o major Tolentino, a intenção é fazer também um forte trabalho preventivo contra o tráfico e uso de drogas e exploração sexual.

“O prédio já foi projetado de uma maneira que dificulta esses tipos de ocorrências. Diferente da rodoviária antiga, o acesso vai ser mais restrito, com maior controle, e isso permite uma melhor fiscalização”, explica. Segundo a administração, o terminal terá câmeras de monitoramento, e sistema de cartões que limitam somente aos passageiros o acesso a plataformas. A estrutura física e esse modelo de gestão deverão auxiliar as ações de policiamento, segundo avalia o subcomandante Tolentino.

A Prefeitura de Campo Grande anunciou que vai desativar o antiga Estação Rodoviária Heitor Eduardo Laburu no dia 31 de janeiro, e, à 00h do dia 1º de fevereiro, as linhas de ônibus intermunicipais, interestaduais e internacionais começam a operar no Terminal Senador Antônio Mendes Canale.

Jornal Midiamax