Geral

Nelsinho diz que acadêmicos estão certos em ‘abraçar’ antiga rodoviária

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho disse há pouco que os acadêmicos da UEMS estão certo de em protesto ‘abraçarem a antiga rodoviária’ neste sábado. Mas, ele salientou que o destino do antigo prédio depende de acordo entre ele o o governo do Estado. Até quinta-feira (1º de abril) junto com o governador […]

Arquivo Publicado em 27/03/2010, às 13h37

None

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho disse há pouco que os acadêmicos da UEMS estão certo de em protesto ‘abraçarem a antiga rodoviária’ neste sábado.

Mas, ele salientou que o destino do antigo prédio depende de acordo entre ele o o governo do Estado.

Até quinta-feira (1º de abril) junto com o governador André Puccinelli, Nelsinho deverá saber qual será o destino da antiga rodoviária da Capital. Hoje, acadêmicos da UEMS fazem uma ‘corrente humana’ em torno do prédio de 31 mil metros quadrados do prédio desativado desde o começo de fevereiro. Junto com os comerciantes do local eles chamam a atenção de Puccinelli e Trad Filho para a situação da UEMS, que não tem prédio bem localizado na Capital.

Trad Filho disse nesta manhã durante a entrega da casa do ‘IPTU dá prêmios’, no Monte Castelo, que vai reunir-se na próxima quarta-feira (31 de março) ou quinta com Puccinelli para definirem qual seria a melhor forma jurídica para abrigar no antigo prédio não apenas a UEMS como a UFMS e a Universidade de Maringá (PR). Trad Filho defende que as instituições de ensino entrem com uma contrapartida nos investimentos.

Jornal Midiamax