Geral

Murilo ‘reaparece’ no Twitter e diz que segunda estará em Dourados

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) que não é visto em público desde as eleições de 3 de outubro nas quais concorreu ao Senado “reapareceu” em sua página pessoal no microblog Twitter e deixou mensagem aos seus seguidores. “Estou viajando pra descansar um pouco do batidão da campanha. Segunda-feira estou de volta a Dourados. Um grande […]

Arquivo Publicado em 16/10/2010, às 17h49

None

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) que não é visto em público desde as eleições de 3 de outubro nas quais concorreu ao Senado “reapareceu” em sua página pessoal no microblog Twitter e deixou mensagem aos seus seguidores. “Estou viajando pra descansar um pouco do batidão da campanha. Segunda-feira estou de volta a Dourados. Um grande abraço e todos”, escreveu.

O ‘sumiço’ de Murilo chegou a ser alvo de reclamação do governador André Puccinelli (PMDB) que se queixou publicamente da ausência do vice. Durante entrevista coletiva nesta semana, Puccinelli mencionou em tom irônico que não sabia do paradeiro de Murilo.

A reportagem do Midiamax tenta contado com o vice-governador há dias, mas ele não atende ao telefone celular.

O vice-governador que não se elegeu para o Senado é cotado para ocupar um cargo no segundo mandato de Puccinelli. “Murilo é um quadro que pode ser aproveitado em vários lugares, Casa Civil, Secretaria de Planejamento, ou em outra pasta na qual mantenha contato com municípios. É aproveitável, mas não sei em qual cargo”, respondeu Puccinelli durante entrevista coletiva na TV Brasil Pantanal, no Parque dos Poderes no dia seguinte à sua reeleição.

Murilo obteve 511.027 votos na corrida ao Senado ficando na terceira colocação. Foram eleitos, Delcídio do Amaral com 823 mil votos, o equivalente a 34,89 dos votos válidos e Waldemir Moka (PMDB) que somou cerca de 543 mil votos (23,01%).

Puccinelli e seu vice-governador chegaram a ter desentendimentos no princípio da campanha eleitoral. Murilo quase desistiu da disputa por acreditar que o governador não daria a ele o mesmo apoio que a Moka. Saiba mais nas notícias relacionadas.

Jornal Midiamax