Geral

Município de Dourados já registra epidemia de dengue

O Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados recebeu, até ontem, a notificação de 379 casos de dengue, que representa um aumento em relação ao ano anterior de 1.804,7%. O número de casos notificados excede em 1.263,3% o esperado para o período, caracterizando a situação do município como epidemia, conforme atesta […]

Arquivo Publicado em 29/01/2010, às 16h50

None

O Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados recebeu, até ontem, a notificação de 379 casos de dengue, que representa um aumento em relação ao ano anterior de 1.804,7%. O número de casos notificados excede em 1.263,3% o esperado para o período, caracterizando a situação do município como epidemia, conforme atesta a coordenação do Núcleo.

A incidência do agravo é de 199,7 casos para cada 100.000 habitantes.

A maioria dos casos está pendente, aguardando a realização de exame específico. Foi isolado o sorotipo 2 do vírus dengue, que circula no município desde o ano passado. De acordo com boletim da Vigilância, é crescente o predomínio do sexo feminino dentre os casos notificados e uma concentração desses na faixa etária de 20 a 49 anos (53,3% das notificações). Ressalta-se a ocorrência de casos na faixa etária de menores de 14 anos (44 casos, 11,6% das notificações), mostrando um deslocamento na faixa etária de ocorrência da doença.

Oito bairros concentram cerca de 40% dos casos notificados, porém há registros da doença em todo o município, o que reforça a situação da cidade como epidêmica. Verifica-se atualmente o deslocamento do maior índice de casos da região do Jardim Maracanã (1° semestre de 2009) para o Grande Flórida (2° semestre de 2009 e 1° semestre de 2010) e Jardim Água Boa.

Jornal Midiamax