Geral

Mulher está internada na Santa Casa em UTI improvisada

No início da tarde de hoje (25), chegou ao Midiamax uma denúncia do Sindicato de Enfermagem de Campo Grande, de que Maria Lúcia Belizário, de 47 anos, estaria recebendo atendimento médico improvisado na enfermaria da Santa Casa da Capital. Conforme a denúncia, Maria sofre de transtorno muscular e diabetes. Ontem (24), Maria entrou em coma […]

Arquivo Publicado em 25/03/2010, às 17h19

None

No início da tarde de hoje (25), chegou ao Midiamax uma denúncia do Sindicato de Enfermagem de Campo Grande, de que Maria Lúcia Belizário, de 47 anos, estaria recebendo atendimento médico improvisado na enfermaria da Santa Casa da Capital.


Conforme a denúncia, Maria sofre de transtorno muscular e diabetes. Ontem (24), Maria entrou em coma e foi transferida para um quarto improvisado como CTI (Centro de Tratamento Intensivo).


A reportagem entrou em contato com a cunhada de Maria, Luzia Ferreira, e informou que a mulher já está no hospital há mais de dois meses. “Antes do carnaval ela ficou internada 33 dias e mandaram ela para casa. Depois do carnaval ela começou a se sentir mal e voltou para a Santa Casa, onde está há quase um mês”, conta a cunhada.


“O hospital fala que não tem vaga no CTI”, reclama Luzia, ressaltando que a cunhada necessita passar por uma cirurgia de hérnia de disco, que até agora não foi feita.

O Midiamax entrou em contato com a assessoria do hospital e recebeu informação de que uma resposta será dada após uma reunião que deverá terminar às 15h.

(Editado às 14h22, para correções)

Jornal Midiamax