Geral

MP: Operação “Fim de Festa” prende quadrilha que agia no interior de MS

Operação “Fim de Festa” do Gaeco (Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado) com o apoio da Polícia Militar e DOF de Dourados prendeu quatro pessoas acusadas de atuar no tráfico de drogas a partir de Coronel Sapucaia, passando pelas cidades de Amambai, Caarapó, Dourados, chegando até Goiânia. Foram presas as seguintes pessoas: Silvério […]

Arquivo Publicado em 18/12/2010, às 00h30

None

Operação “Fim de Festa” do Gaeco (Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado) com o apoio da Polícia Militar e DOF de Dourados prendeu quatro pessoas acusadas de atuar no tráfico de drogas a partir de Coronel Sapucaia, passando pelas cidades de Amambai, Caarapó, Dourados, chegando até Goiânia.


Foram presas as seguintes pessoas: Silvério Acosta Antunes, de 38 anos, morador de Caarapó, conhecido como “marquinhos”, apontado como coordenador local da quadrilha; Paulo Henrique Borak, de 23 anos, residente em Caarapó; Dejair Chaves dos Santos, de 41 anos, que cumpria pena no estabelecimento de regime semi-aberto de Dourados, responsável por pontos de apoio ao grupo em Dourados e Coronel Sapucaia; e Luiz Eduardo Rojas Lemosde 21 anos, de Amambai. Todos foram recolhidos no Estabelecimento Penal de Amambai.


Conforme a polícia, através do tráfico o grupo movimentava grande quantidade de dinheiro e o usufruia, patrocinando várias festas onde diversas pessoas faziam uso e também comercializavam entorpecentes, tanto em Caarapó como em Amambai.


Foram realizadas buscas nas residências dos alvos da operação, havendo, inclusive a apreensão de pequena quantidade de droga (cocaína), bem como dos veículos: Astra Hatch, de cor preta e um Audi, os quais eram utilizados nos deslocamentos do grupo e logística dos ilícitos. Durante a prisão, Luiz Eduardo Rojas Lemos estava com R$ 12 mil em espécie, escondido na cueca.

Jornal Midiamax